Contrato de Marlone com Corinthians deverá ser válido por três temporadas

Marlone está perto do acerto com o Corinthians (Foto: Globo Esporte)
Marlone está perto do acerto com o Corinthians (Foto: Globo Esporte)

Muito próximo de um acordo com o Corinthians, o meia-atacante Marlone deve assinar um contrato válido por três anos com o clube alvinegro. Para integrá-lo ao elenco campeão brasileiro, o Timão deve adquirir 25% dos direitos econômicos, com preço fixado para a compra de mais 25%.

Reginaldo Duarte, empresário do atleta, estará em São Paulo nesta segunda-feira para finalizar a negociação.

O jogador de 23 anos tem contrato de empréstimo com o Sport até o fim de 2015. Reginaldo também é um dos investidores do Penapolense-SP, equipe em que o meia-atacante está registrado. Os direitos econômicos do jogador pertencem ao empresário Fernando Garcia, conselheiro corintiano e muito próximo do superintendente de futebol Andrés Sanchez.

Enquanto convive com a possibilidade de perder Jadson para o futebol chinês, o Corinthians corre atrás de reforços no mercado brasileiro. Além de Marlone, o clube teve conversas sobre Paulinho, do Flamengo, com Carlos Leite, agente de Cássio, Gil, Fagner, Renato Augusto. O meia Alan Mineiro e o goleiro Douglas Friedrich, ambos do Bragantino, já assinaram contrato.

A contratação de Marlone pode suprir duas carências que o Timão tem no elenco. O técnico Tite não esconde que gostaria de receber um meio-campista de criação e mais um atacante para disputar a Taça Libertadores em 2016. O jogador fez as duas funções ao longo desta temporada com a camisa do rubro-negro pernambucano.

Ao mesmo tempo, o Corinthians se apressa para encontrar um substituto para Jadson. O Tianjin Quanjian, time da segunda divisão chinesa que é comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, fez uma proposta milionária e seduziu o meia. O Timão espera por uma proposta para discutir a transferência.

Marlone foi revelado no Vasco e chegou a entrar na mira do Corinthians em 2012. Em seguida, se transferiu para o Cruzeiro, mas não conseguiu se firmar. O mesmo aconteceu no Fluminense, de onde seguiu para o Sport.

globoesporte.com

Comentários

comentários