Contrabandistas morrem ao fugirem da polícia na MS-379

Dois moradores em Uberlândia (MG) e que transportavam produtos contrabandeados do Paraguai morreram no final da noite de quarta-feira (25/7) na MS-379, em Laguna Carapã, durante tentativa de fuga. Eles não obedeceram a ordem de parada da Polícia Militar e capotaram o veículo.

Veículo pegou fogo após acidente em que dois morreram – Crédito: Osvaldo Duarte

O filho de um deles, adolescente de 13 anos, estava junto e teve ferimentos leves.

Por volta de 23h, a PM avistou o Jeep Renegade com placas de Belo Horizonte (MG), conduzido por Jonas de Oliveira, 26, em atitude suspeita e deu sinal de parada. Dentro do carro estavam ainda Luiz Carlos Guimarães Filho, 46 e o filho dele.

O condutor não obedeceu a ordem e fugiu, iniciando perseguição.

Próximo ao km 29 da rodovia, os policiais avistaram o momento em que o motorista perdeu o controle de direção, saiu da pista e tombou por diversas vezes, passando até por uma cerca. Ao parar, o veículo pegou fogo.

No acidente, o corpo de Jonas foi arremessado e ele morreu na hora. Já Luiz ficou no carro e acabou carbonizado. O menor conseguiu deixar o local antes do incêndio, recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros e acabou encaminhado ao Hospital da Vida sem gravidade.

Durante vistoria, a polícia encontrou diversos produtos contrabandeados. Trenas, relógios, torneiras, ferramentas e vários outros objetos ficaram espalhados durante o capotamento.

A suspeita é que as vítimas trafegavam em comboio com destino a MG. Momentos depois do acidente, um veículo parou próximo ao local do fato e ao perceber a ocorrência, deixou o local.

 

Comentários