Conselho da OAB/MS aprova pedido de afastamento de Michel Temer

Da Redação/JP

Divulgação

O Conselho Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), em Sessão Extraordinária, na tarde desta sexta-feira (19), decidiu, por unanimidade, apoiar o afastamento do Presidente Michel Temer.

Ficou decidido ainda que, na sequência do afastamento do presidente, haja eleição e que esta, seja de forma indireta. “O Conselho Seccional aprovou a defesa da eleição nos termos atual da Constituição e deliberou, também, pelo requerimento à PGR (Procuradoria Geral da República), para que sejam divulgados os termos das delações da JBS”, pontuou o presidente da OAB/MS, Mansour Karmouche.

A deliberação da seccional será levada ao Conselho Federal da Ordem, que se reunirá neste sábado (20) para definir o posicionamento da entidade que encaminhará institucionalmente a decisão em âmbito nacional.

Comentários