Conmebol decide tirar Gonzalo da Copa América em punição por atitude obscena

Punição por desrespeito tira jogador da Copa América – Foto: Reprodução

A agressão de Gonzalo Jara a Edinson Cavani não ficou sem punição. A Conmebol decidiu aplicar um gancho de três partidas de suspensão ao zagueiro do Chile por conta da dedada no traseiro do atacante uruguaio, o que o tira dos dois jogos restantes da Copa América com sua seleção – a semifinal contra o Peru e a final ou a disputa de terceiro lugar. O terceiro jogo será cumprido somente nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

A provocação de Jara não foi vista pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci, que apitou o duelo entre Uruguai e Chile na última quarta-feira, jogo que selou a classificação da seleção da casa à semifinal do torneio. O juiz, porém, expulsou Cavani no mesmo lance, já que o uruguaio encostou a mão no rosto do chileno e recebeu o segundo cartão amarelo.

A punição de Jara é inferior à de Neymar, que foi castigado com quatro jogos de gancho por confusão na derrota da Seleção Brasileira para a Colômbia – o atacante ainda terá que cumprir mais dois jogos nas Eliminatórias.

Fonte: Terra

Comentários

comentários