Conheça Wayne Shaw, o goleiro que briga com a torcida que o humilha por causa do peso e vai enfrentar o Arsenal

A Copa da Inglaterra é uma das maiores competições de futebol do mundo e reúne times de todas as divisões do esporte bretão inglês, causando duelos muitas vezes improváveis. Assim será com o Sutton United, da quinta divisão do futebol inglês, enfrentará o Arsenal, em casa, pela Copa da Inglaterra. E um personagem logo veio à tona após o sorteio realizado na última segunda-feira.

Getty

O goleiro Wayne Shaw logo veio a tona nos noticiários esportivos. O veterano de 45 anos e disputou 31 partidas pelo clube e é reserva. No entanto, não podemos negar que ele é uma figura. Para falar a verdade Shaw é uma lenda.

O guarda-redes não é um reserva qualquer. Além de sua idade avançada, o físico de Wayne Shaw chama atenção e convenhamos, é um atípico jogador. A torcida do Sutton United já pegou no pé do goleiro várias vezes. Shaw não aceita e revida os ataques, o que já rendeu briga e demissões do goleiro.

O goleiro ganhou notoriedade ainda no duelo contra o AFC Wimbledon, em fases preliminares da Copa da Inglaterra, quando se aquecia durante o intervalo.

https://www.youtube.com/watch?v=yZjUrOjVsfE

A ESPN traduziu do site do Sutton United, a história recente do goleiro que veste a 29:

“Goleiro experiente que se juntou ao clube como treinador de goleiros há seis temporadas (…). Anteriormente no Eastleigh, ele retornou brevemente ao clube de Hampshire em 2012, mas voltou a Sutton alguns meses mais tarde e, em seguida, juntou-se ao Gosport no meio da temporada 2013-14 antes de voltar para uma terceira passagem em janeiro de 2015. Ele também inclui Basingstoke e Totton entre seus antigos clubes”.

A ida de Shaw para o Gosport em meados de 2013, não foi pacífica. O goleiro foi demitido do Sutton United depois de xingar vários torcedores que provocaram o goleiro em decorrência de sua forma física. O então preparador de goleiros e reserva da posição saltou até a arquibancada para tirar satisfação.

Após os desentendimentos, segundo a ESPN, Shaw disse “Para constar, chamar alguém de gordo de mer.. não é aceitável hoje em nossa sociedade, por favor me corrijam se eu estiver errado: em qualquer caminho da vida, se disser isso para alguém, você tem que temer uma reação, e foi isso o que aconteceu. O estopim foi realmente aceso”

“Me envolver com aqueles torcedores foi um erro gigantesco de minha parte. Eu fui provocado pela linguagem, que foi desnecessária, mas eu não deveria ter reagido. Eu aprendi minha lição e isso nunca acontecerá novamente. Por sorte eu tenho uma segunda chance”, admitiu Shaw ao retornar ao clube em 2015.

Wayne Shaw se tornou uma celebridade do clube e mesmo não jogando com frequência cai nas graças até da torcida adversária e não será diferente contra o Arsenal.

Comentários