Congresso destina R$ 460 milhões para término de fábrica em MS

Obras estão paradas há dois anos (Foto: Arquivo/Perfil News)

Senadores e deputados federais aprovaram o Projeto de Lei do Congresso Nacional nº 32, de 2016 (PLN 32/2016), liberando crédito para empresa estatais no valor de R$ 845,5 milhões. Deste valor, R$ 460 milhões são destinados à Petrobras para a conclusão das obras da fábrica de fertilizantes em Três Lagoas, a 330 quilômetros de Campo Grande. Além da conclusão na construção da empresa, o valor vai contemplar na adequação dos processos de refino, para que se reduzam perdas na produção de óleo e gás.

O PLN 32/2016 é um dos 31 projetos de créditos orçamentários aprovados pelo Congresso Nacional na quinta-feira (15), para reforçar os recursos ou criar dotação destinada a diversos órgãos de todos os Poderes. De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, a maior parte do recurso previsto é para Petrobras, no valor de R$ 460 milhões para a adequação de refino e término da obra da UFN3. “Concluir projetos estratégicos como o dessa indústria de fertilizantes nitrogenados em Três Lagoas é fundamental para reativar a economia do país”, disse Verruck.

Pedido atendido

Em julho deste ano, o governador Reinado Azambuja (PSDB) e o secretário Jaime Verruck reuniram-se com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, para discutir a retomada das obras da UFN III. No mês seguinte, o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) renovou a Licença de Instalação do empreendimento, por mais dois anos.

Comentários