Confraria Sociartista expõe em Homenagem ao Poeta Manoel de Barros no Centenário de seu Nascimento

Foto Divulgação

Na próxima segunda-feira(19), dia em que o Poeta Manoel de Barros completaria 100 anos, será realizado na Galeria Wega Nery, no Centro Cultural José Octávio Guizzo, às 19h30, a abertura da exposição “Invencionices”. A exposição faz parte da “Homenagem ao Poeta Manoel de Barros no Centenário de seu Nascimento”, que consiste em uma série de atividades para crianças, jovens e adultos envolvendo várias linguagens artísticas, que serão realizadas no período de cem dias, contados a partir do dia 20 de setembro deste ano, data do lançamento da programação pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria e Fundação de Cultura.

Nascido em 19 de dezembro de 1916, Manoel Wenceslau Leite de Barros, um dos mais aclamados poetas brasileiros da contemporaneidade, completaria 100 anos em 2016. Homem recluso e gentil, detentor de um jeito único de escrever poesia, Manoel alcançou um status singular no meio literário e tornou-se referência na literatura mundial.

anelise-godoy
Obra de Anelise Godoy

Em celebração aos 100 anos do nascimento do poeta, a Confraria Sociartista, composta por artistas visuais regionais, realiza a exposição “Invencionices”. Na exposição haverá a representação de dez artistas profissionais renomados das artes plásticas de Mato Grosso do Sul e integrantes da Confraria. São eles: Anelise Godoy, Cecílio Vera, Erika Pedraza, Lucio Laranjeira, Marilena Grolli, Monique Merlone, Patrícia Helney, Rosane Bonamigo, Sônia Corrêa e Tanara Renck, como convidados: Roberto Higa (membro da confraria) Haroldo Garay e Gejo O Maldito de SP. As obras expostas foram pintadas ao vivo durante um Sarau em homenagem ao poeta no Centro Cultural José Octávio Guizzo e hoje fazem parte do importante acervo da fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. A cantora Lenilde Ramos também vai participar interpretando músicas que homenageiam o poeta.

A Confraria Sociartista é uma Associação de Artistas Visuais Profissionais residentes em Mato Grosso do Sul que apresentam uma multiplicidade de expressões em diversos estilos, representando suas vivências e imaginários, compondo, assim, um panorama contemporâneo das artes visuais do Estado.

A Confraria Sociartista foi criada há mais de 8 meses e está atuando em todo Mato Grosso do Sul. Ela está promovendo no primeiro domingo de cada mês, da 9 às 14 horas, a Feira de Artes Plásticas de MS na Praça das Águas, localizada na avenida Afonso Pena. No local são vendidas obras de arte de cerca de 30 artistas, a preços populares. O intuito é que a iniciativa se torne um ponto turístico da Capital.

cecilio-vera
Obra de Cecilio Vera

Marilena Grolli, gestora de Artes da FCMS e integrante da Confraria Sociartista, explica que os artistas visuais homenageiam Manoel de Barros em seu centenário doando o que têm de mais verdadeiro e autentico: a Arte. “Nossa arte é parte de quem somos, assim como nosso poeta fazia por meio de seus poemas que inspiram e iluminam o mundo, enchendo de orgulho a todos nós sul-mato-grossenses. Invencionices, que possui esse título inspirado no trecho de um poema de Manoel de Barros, – que diz ‘Porque eu não sou da informática, eu sou da invencionática e só uso a palavra para compor meus silêncios’ – mostra o resultado dessa entrega sincera dos artistas ao eterno Manoel de Barros”.

O evento é aberto ao público e a entrada é franca. O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na rua 26 de agosto, 453, Centro.

Comentários