Condenado a 21 anos, jovem é preso após ficar foragido por quatro anos

Lúcio Borges

O jovem Willian Parra Gonzales, hoje com 25 anos, foi pego pela PC-MS (Polícia civil de MS) em Campo Grande. Ele é condenado a mais de duas décadas de prisão por tentativa de homicídios contra militares, mas estava foragido há quatro anos, desde a ocorrência do crime na Capital. O rapaz foi preso nesta sexta-feira (12), no município de Bodoquena, próximo a Campo Grande, cerca de 100 km. À época ele ainda seria um militar ou estaria trajado em uniforme militar.

Conforme a PC, após ficar foragidos setores de investigação das Delegacias – DEH (Especializada em Repressão aos Crimes de Homicídios) e de Polícia Civil de Bodoquena, conseguiram prender ontem, por meio do que ele já possuía em seu desfavor um Mandado de Prisão ante sentença condenatória definitiva de 21 anos de prisão em regime fechado.

Willian foi condenado por tentativa de homicídio devido a ter efetuado disparos de arma de fogo e alvejado dois militares do Exército, no ano de 2015, em frente à entrada do CMO (Comando Militar do Oeste), no bairro Santo Antonio, região Oeste de Campo Grande.

Conforme uma das vítimas, na ocasião Willian passou em uma motocicleta, usando a farda do exército e efetuou disparos em sua direção atingindo sua perna e o pé do seu companheiro de guarda. Ele teria efetuado seis disparos, ao todo.

Fuga durante processo

Durante o curso da Ação Penal, Willian evadiu-se de Campo Grande ou fugiu da cidade. Mas, ele foi delatado em mudança para Bodoquena, onde foi localizado ontem e preso após levantamentos policiais.

Comentários