Concurso da UEMS tem vagas para cargo de Auxiliar de Laboratório

Da Redação/P.F

Foto Divulgação

O concurso público da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) tem seis vagas para o cargo de Auxiliar de Laboratório de Biologia e de Química. As oportunidades exigem Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio completo e Curso Profissionalizante. As inscrições vão até 12 de maio.

As vagas para Auxiliar de Laboratório são para as unidades da UEMS em Aquidauana, Campo Grande, Cassilândia, Dourados, Mundo Novo e Naviraí. É exigido Ensino Médio Profissionalizante de Técnico em Laboratório, ou Técnico em Química, ou Ensino Médio completo e Curso Técnico em Laboratório ou Curso Técnico em Química.

O Auxiliar de Laboratório atua na organização de materiais e equipamentos; na execução de atividades práticas de ensino, pesquisa e extensão; na higienização e desinfecção de materiais; no preparo e manuseio de soluções, produtos e amostras laboratoriais e, também, no controle do estoque de materiais de consumo.

O salário inicial para o cargo é de R$ 1.572,95 e pode chegar até R$ 2.359,42.

Outras Vagas

O concurso público de provas e títulos para técnicos administrativos tem 34 vagas para cargos de nível médio e 24 vagas para cargos de nível superior. As oportunidades são para 11 unidades da UEMS, nas cidades de: Amambai, Aquidauana, Campo Grande, Cassilândia, Coxim, Dourados, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba e Ponta Porã.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas pelo site da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul (Fapems). A taxa de inscrição é de R$ 123,70 para os cargos de nível médio e R$ 197,92 para os cargos de nível superior.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 12 de maio. O candidato poderá reimprimir o Boleto Bancário pelo Sistema de Inscrição do concurso.

A Prova Escrita será aplicada no dia 18 de junho de 2017, nos períodos matutino e vespertino, nas cidades de Dourados/MS e Campo Grande/MS, com duração de quatro horas. Confira aqui o edital.

Cargos de Nível Médio:

Assistente Administrativo: 25 vagas
Amambai (1), Aquidauana (3), Campo Grande (3 vagas gerais, uma para pessoa com deficiência e uma para negro), Cassilândia (1), Coxim (1), Dourados (7 vagas gerais, uma para pessoa com deficiência e duas para negros), Mundo Novo (1), Naviraí (2), Paranaíba (1).

Auxiliar de Laboratório de Biologia e de Química: 6 vagas
Aquidauana (1), Campo Grande (1), Cassilândia (1), Naviraí (1), Dourados (1), Mundo Novo (1).

Designer Gráfico-Arte Finalista: 1 vaga
Dourados (1).

Técnico em Agropecuária: 2 vagas
Aquidauana (1), Cassilândia (1).

Cargos de Nível Superior:

Administrador de Redes: 1 vaga
Dourados (1).

Analista de Sistemas: 1 vaga
Dourados (1).

Contador: 1 vaga
Dourados (1).

Técnico Administrativo: 21 vagas
Amambai (1), Aquidauana (2), Campo Grande (3 vagas gerais e uma para negros), Cassilândia (1), Dourados (5 vagas gerais, uma para pessoa com deficiência e uma para negro), Mundo Novo (1), Naviraí (2), Nova Andradina (1), Paranaíba (1) e Ponta Porã (1).

Carreira

Entre os principais atrativos da carreira está a progressão salarial baseada na qualificação do servidor público. O salário inicial do Assistente Técnico de Nível Médio, por exemplo, é de R$ 1.572,95, mas se o servidor possuir curso profissionalizante, a remuneração aumenta para R$ 1.808,89. Caso o servidor tenha graduação completa, o salário passa para R$ 1.887,54 e, em caso de pós-graduação, para R$ 2.359,42.

Já o salário inicial do Técnico de Nível Superior é de R$ 2.246,48. O servidor que tiver concluído pós-graduação em nível de especialização, passa a ganhar R$ 3.370,32; em nível de Mestrado, a remuneração sobe para R$ 4.718,45 e, para os servidores com Doutorado, os valores chegam a R$ 6.515,95. Para incentivar ainda mais a capacitação dos servidores, a UEMS permite o afastamento remunerado para pós-graduação em nível de Mestrado e Doutorado, contanto que o interessado cumpra os pré-requisitos previstos para o afastamento.

Aqueles que vierem a ser aprovados no certame, além do salário base, terão acesso a uma carreira que prevê outras vantagens, como auxílio alimentação (R$ 462,00) e convênio médico e odontológico familiar pela Cassems.

Comentários