Comitê do Governo pede provas à Justiça para ir atrás de ressarcimentos

O Comitê Temporário de Apuração de Denúncias, criado pelo Governo do Estado para assessorar o Conselho de Governança nas providências internas diante das investigações das operações ‘Lama Asfáltica’ e ‘Fazendas da Lama’, se reuniu na tarde desta sexta-feira (6), na Governadoria.

Felipe Mattos, secretário Especial de Governo e coordenador do Comitê de Apuração de Denúncias, comanda a segunda reunião do grupo
Felipe Mattos, secretário Especial de Governo e coordenador do Comitê de Apuração de Denúncias, comanda a segunda reunião do grupo

Coordenado pelo secretário Especial de Governo, Felipe Mattos, o grupo de trabalho solicitou à Secretaria de Estado de Educação (SED) e a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), por meio de seus representantes, a apresentação de processos disciplinares relativos às investigações da Polícia Federal.

A documentação será analisada pelo grupo e apresentada nas próximas reuniões do Comitê, realizadas sempre às sextas-feiras. “As reuniões serão semanais, mas o grupo trabalhará diariamente, pois o grupo foi destacado para atuar no comitê”, afirmou.

Mattos informou ao grupo que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) protocolou solicitação ao Judiciário para o compartilhamento dos processos resultantes das investigações das operações.

O Comitê Temporário de Apuração de Denúncias é formado por representantes das secretarias de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), de Educação (SED), de Fazenda (Sefaz), da Casa Civil, Procuradoria Geral do Estado (PGE), Auditoria Geral do Estado (AGE) e Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

Comentários

comentários