Comerciante acusado de ‘oferecer’ adolescentes a políticos tem prisão decretada

Desde o último sábado (18), a Polícia Civil realiza buscas pelo comerciante, Fabiano Viana Otero. Ele teve sua prisão preventiva decretada por crime de extorsão pela Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (Depca).

Fabiano é suspeito organizar o esquema de exploração sexual de adolescentes na Capital que envolve o vereador Alceu Bueno (PSL). Em depoimento o empresário, Luciano Roberto Pageu, preso na quinta-feira (17), declara que Fabiano, era o intermediador entre as adolescentes e os políticos.

O caso teve início quando a mãe de uma da adolescente de Coxim registrou um boletim de ocorrência pelo sumiço da filha. A menina foi encontrada em Campo Grande depois de contatar uma prima e convida-la a participar do ‘esquema’. No local a mãe encontrou várias filmagens da filha mantendo relações sexuais com políticos. Fabiano recomendava as adolescentes que filmassem os encontros para usar as imagens posteriormente e chatagear os envolvidos.

Quando o vereador Alceu Bueno denunciou o esquema afirmando ser vítima de extorsão a polícia já tinha os vídeos em mãos.

Foi assim que o ex-vereador Robson Martins e o empresário Luciano Pageu foram presos em flagrante extorquindo R$ 15 mil de Alceu Bueno para que não fosse divulgados imagens comprometedoras em que o vereador aparece com as jovens. Bueno contou a polícia que já teria pago R$ 100 mil a Luciano e Robson.

Luana Campos

 

Comentários

comentários