Com três gols de Rodrygo, Peixe goleia Vitória por 5 a 2, manda zica embora e nada fora do Z-4

GE

Rodrygo não deixou pedra sobre pedra na defesa do Vitória, acabou com o jogo na Vila Belmiro e comandou a goleada de 5 a 2, na tarde deste domingo, pelo Brasileirão. O garoto fez três gols, todos no primeiro tempo, deu uma assistência e foi o protagonista do triunfo, que tira o Peixe da zona de rebaixamento (substituído justamente pelo Vitória) e ameniza a crise em semana de fortes protestos da torcida. O Leão, apático, foi totalmente envolvido pelo adversário e deu novos sinais de que é forte candidato à Série B.

No jogo de maior pressão, na semana de maior tensão, um garoto de 17 anos acalmou a Vila Belmiro. Os três primeiros gols da partida foram de Rodrygo. E de tudo que é jeito: oportunista, aproveitando rebote; de talento, deixando o lateral-direito Lucas perdido com um drible; feito centroavante, aproveitando linda assistência de Gabigol e tirando do goleiro. E ainda teve tempo de deixar Gabriel na cara do gol para fazer o quinto.

No primeiro tempo, Gabigol deu belo passe para Rodrygo fazer um gol; no segundo, Rodrygo retribuiu. Após grande defesa de Vanderlei, o garoto deu um lançamento precioso, um tapa na bola do campo de defesa, para o colega fazer o quinto gol do Peixe.

A atuação do Vitória foi assustadora para a torcida rubro-negra, sobretudo no primeiro tempo. O time baiano permitiu que o Santos trocasse passes sem problemas, cedeu espaços para infiltrações, foi passivo em divididas e esteve inoperante no ataque. Não por acaso, o técnico Vagner Mancini fez as três substituições já no intervalo. Imagina a bronca no vestiário.

Com o resultado, o Santos subiu para a 16ª colocação e deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão. Tem nove pontos e um jogo disputado a menos. O Peixe não vencia há cinco partidas e não fazia gols há quatro. Para o Vitória, o Z-4 é uma realidade cada vez mais preocupante. Com oito pontos, é o 17º.

 

Comentários

comentários