Com título, Djokovic bate seu recorde de pontos do ranking

Na melhor fase de sua carreira, Novak Djokovic segue fazendo história no tênis. Em ranking atualizado nesta segunda-feira, o sérvio bateu seu recorde de pontuação na liderança da lista da ATP após conquistar o tricampeonato do Masters 1000 de Xangai, no último domingo, ao vencer o francês Jo-Wilfried Tsonga. Agora, Nole soma 16.785 pontos, 8.035 a mais que o segundo colocado, o britânico Andy Murray.

Djokovic bate seu recorde de pontos do ranking - Foto: Reprodução
Djokovic bate seu recorde de pontos do ranking – Foto: Reprodução

Djokovic acumula 25 títulos da série Masters 1000, superando o suíço Roger Federer e com apenas dois a menos que o espanhol Rafael Nadal. O sérvio também está a nove vitórias de igualar sua melhor marca do ano, em que obteve 28 triunfos consecutivos entre março e junho.

Só nesta temporada Nole soma três títulos de Grand Slam (Abertos da Austrália e Estados Unidos, além de Wimbledon), cinco Masters 1000 (Indian Wells, Miami, Monte Carlo, Roma e Xangai) e um da série ATP 500 (Pequim), ficando a um troféu de igualar o ano de 2011, quando conquistou dez torneios.

Vice-campeão em Xangai, Tsonga ganhou cinco posições e voltou ao décimo posto após 14 meses. Já no ranking que classifica os oito melhores tenistas da temporada para o ATP Finals de Londres, em novembro, o francês subiu seis degraus e agora figura na nona colocação, 945 pontos atrás do espanhol David Ferrer, que aparece no oitavo lugar.

Também nesta segunda, a Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) confirmou que Nadal e o tcheco Tomas Berdych, quinto e sexto colocados na corrida para Londres, respectivamente, garantiram as vagas para o Finals. O canhoto de Mallorca, inclusive, foi semifinalista do Masters 1000 de Xangai, na última semana.

Os dois se juntam Djokovic, Murray, e aos suíços Roger Federer e Stanislas Wawrinka como classificados ao ATP Finals, que ainda oferece mais duas vagas.

GAZETA ESPORTIVA

Comentários

comentários