Com reservas, Corinthians vence o Cruzeiro na estreia

Cruzeiro e Corinthians entraram em campo na Arena Pantanal, em Cuiabá, com as atenções voltadas para a Copa Libertadores e quem levou a melhor foi o time alvinegro por 1 a 0, na abertura do Campeonato Brasileiro.

Em 2014, Timão bateu o Cruzeiro nos dois turnos do Brasileirão  (Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Em 2014, Timão bateu o Cruzeiro nos dois turnos do Brasileirão
(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Precisando de vitórias contra o São Paulo e o Guaraní-PAR, respectivamente, na próxima quarta-feira (13), as equipes treinadas por Marcelo Oliveira e Tite foram escaladas comvários reservas e apresentaram nítido desentrosamento.

Na próxima rodada, o Corinthians recebe a Chapecoense, no sábado, em Araraquara, e o Cruzeiro visita o Santos.

O Cruzeiro começou o jogo com a marcação adiantada e dificultando a saída de bola do Corinthians, que não conseguia fazer a transição da defesa para o ataque.

Mesmo com essa dificuldade, a primeira chance de gol foi corintiana, aos 16 minutos. Vagner Love fez jogada individual, passou pelos defensores do Cruzeiro e bateu de pé esquerdo na saída de Fábio, mas a bola subiu demais.

No minuto seguinte o Cruzeiro teve sua primeira chance. Fabiano desceu pela direita e cruzou. A bola passou por toda a defesa e sobrou para Henrique, que finalizou mal e sem perigo para Cássio.

O Corinthians voltou a chegar com perigo em dois chutes de fora da área, primeiro com Edílson e depois com Cristian, aos 27 e 28 minutos, respectivamente.

O time alvinegro voltou para o segundo tempo com Emerson Sheik no lugar de Danilo, enquanto Charles deu lugar a Willian Farias no Cruzeiro.

Mesmo com as mudanças, os times pouco criaram na etapa complementar e ficaram restritas a bolas esticadas para os atacantes.

A melhor chance do Corinthians aconteceu aos 12 minutos. Malcom recebeu na ponta direita, cortou para o meio e cruzou para Vagner Love, que apareceu livre de marcação. Mas o camisa 29 estava em posição irregular.

Aos 34 minutos, o atacante Henrique recebeu na intermediária, girou sobre o defensor e bateu forte. Cássio fez defesa segura.

O Corinthians conseguiu abrir o placar com o paraguaio Ángel Romero, aos 36 minutos. O escanteio foi cobrado curto para Edílson, que bateu cruzado e Romero desviou para o gol.

Nos minutos finais, o Cruzeiro ainda tentou uma pressão em busca do empate, mas não conseguiu finalizar com perigo contra o gol de Cássio.

Folha.com

Comentários

comentários