Com prisão de Lula decretada, Monica Iozzi ironiza Sergio Moro e mídia

Monica Iozzi critica Sergio Moro nas redes sociais. Foto: Divulgação / Globo

 

Monica Iozzi comentou sobre o pedido de prisão do ex-presidente Lula e criticou a atitude do juiz Sergio Moro e da Justiça Federal.

Em suas redes sociais, Monica usou notícias envolvendo o PSDB e o poder da imprensa brasileira nas decisões do país.

“Tenho certeza que o STF não deixará isso acontecer! Após a prisão de Lula, ninguém mais seguirá impune”, escreveu ela após compartilhar uma notícia sobre o chamado “mensalão tucano”, que deve entrar na pauta do STF neste semestre.

Em outro post, a ex-CQC publicou uma imagem provocativa: “No Brasil existem quatro poderes: O Legislativo, o Executivo, o Judiciário e a Mídia. E o povo? O povo assiste”.

Crítica de Moro, Iozzi também publicou uma imagem na qual o juiz está ao lado de Aécio Neves (PSDB/MG) e próximo de Michel Temer (MDB/SP).

Sobrou até para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). “Porque como diz o Geraldo Alckmin… ‘Ninguém está acima da lei’. Ah, este é Eduardo Azeredo do PSDB. Ex-governador de Minas Gerais”, escreveu ela sobre a notícia de que o ex-governador de Minas foi condenado em 2ª instância, mas não foi preso.

 

Comentários