Com placa irregular da moto traficante cai e tem descoberto ‘comércio’

Os traficantes em Campo Grande, estão cometendo erros ‘primários’ ou fora da área, mas que estão derrubando seus ‘comércios’ de drogas. O Pagina Brazil noticiou na semana passada, e hoje (2), novamente foi apresentado pela Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), que com placa irregular da moto traficante cai e tem descoberto sua atuação no trafico. Pedro Souza Flores Junior, 24 anos,  estava com mais 52 kg de maconha, tendo sido preso na última sexta-feira (30).

De acordo com o delegado, João Paulo Sartori, a prisão foi feita durante um bloqueio na BR-262, próximo ao viaduto da saída para Três Lagoas. Pedro estava a bordo de uma moto, com placa fora dos padrões exigidos pelo Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), o que chamou a atenção dos oficiais que o abordaram. “Os policiais viram Júnior a bordo de uma moto cujo a placa era irregular, então o abordaram, momento em que um caminhão guincho, que estava à frente do motociclista também parou”, disse Sartori.

Os policiais descobriram que o carro que estava no guincho era acompanhado por Pedro e então realizaram uma revista no veiculo, onde foi encontrado 52 kg de maconha. Pedro contou à polícia que o Tempra estava indo para uma transportadora, de onde seguiria para o Estado de São Paulo, onde a droga seria distribuída. Ele contou também que na casa onde residia, na região do córrego Balsamo, havia mais drogas. No local foram encontrados mais 2 kg de maconha e haxixe.

O rapaz era incumbido de realizar o transporte da droga por um detento do sistema prisional de Mato Grosso do Sul, do qual ele não tem mais informações. Ele, durante coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (2), disse não ter passagem pela polícia e que trabalha como mecânico. Ele contou que aceitou fazer o transporte da droga porque está endividado.

Comentários