Com gols de zagueiros, Palmeiras vira sobre São Paulo e mantém vantagem

Líder Verdão continua três pontos à frente do Flamengo, que também vence

Líder do Brasileirão, o Palmeiras venceu o São Paulo por 2 a 1, de virada, ontem à noite, em sua arena, e manteve os três pontos de vantagem sobre o Flamengo, segundo colocado, que também venceu nesta quarta (a Ponte Preta, em Cariacica, Espírito Santo). O resultado aprofunda a crise Tricolor, que ainda pode ser ultrapassado por Sport e Cruzeiro nesta quinta e terminar a 23ª rodada apenas um ponto acima do Z-4. Mina e Vitor Hugo, ambos de cabeça, marcaram para o Verdão. Chavez fez o gol são-paulino.

Jogadores do Palmeiras comemoram gol (Foto: Globo Esporte)
Jogadores do Palmeiras comemoram gol (Foto: Globo Esporte)

Com a vitória, o Palmeiras foi a 46 pontos. Tem aproveitamento de 66% (em 23 jogos, 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas). O São Paulo, por sua vez, tem 28 pontos. Está em 13º lugar, mas pode terminar a rodada em 15º se Cruzeiro e Sport vencerem América-MG e Corinthians, respectivamente. Caso o Internacional vença o Santos, diminui a distância do Tricolor para a zona de rebaixamento.

O primeiro tempo foi palmeirense. Mais efetivo, o Verdão criou as melhores chances. A mais perigosa aconteceu aos 15 minutos, quando Rafael Marques finalizou quase da pequena área para boa defesa de Denis. O time visitante só chegou aos 31, quando Chavez aproveitou um rebote na entrada da área e chutou de primeira por cima. Para piorar a situação do Tricolor, Rodrigo Caio e Carlinhos saíram machucados.

O segundo tempo começou diferente. Logo aos 2 minutos, Kelvin fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Chavez abrir o placar para o São Paulo. Aos 8, Maicon cobrou falta com perigo, mas para fora. Foi a deixa para Cuca colocar Gabriel Jesus em campo. Em seguida, o Verdão começou a vencer a partida, pelo alto. Aos 10, impedido, Mina completou de cabeça uma bola cruzada por Jean. Aos 25, após escanteio cobrado por Dudu, Vitor Hugo também cabeceou para a rede, fechando o placar. (Globo Esporte)

Comentários

comentários