Com gol no fim, Paraná empata com Botafogo em jogo marcado por confusão

No dia que faz aniversário, o Botafogo vencia até o último minuto, mas o Paraná conseguiu marcar e empatou por 1 a 1 neste domingo pela 18ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, na Vila Capanema, em Curitiba. O Fogão foi melhor na primeira etapa, com chances claras e desperdiçadas, enquanto o Tricolor só chegava em chutes de longe. Cleber Reis e Matheus Fernandes ainda foram expulsos em uma confusão. No segundo tempo, o Fogão desperdiçou outra chance clara, no início com Luiz Fernando, que depois sofreu penalidade. Lindoso marcou. Quando tudo parecia perdido, Alex Santana, que tentou três vezes de fora da área, conseguiu acertar um, contando com desvio na zaga, igualou o marcador para o Tricolor paranaense.

Em um 1º tempo relativamente aberto, o Botafogo foi melhor e soube aproveitar os inúmeros espaços deixados pela zaga paranista, que não se entendeu em nenhum momento. O time carioca teve, pelo menos, duas chances claras de gol, com Valência e Pimpão. Luiz Fernando ainda assustou duas vezes, assim como Carli e Aguirre em cabeçadas. O Paraná não se achou em campo e a única forma de assustar foi em arremates de fora da área, com Torito, Alex Santana e Carlos. Após uma confusão e muito empurra-empurra, Cleber Reis pelo Tricolor e Matheus Fernandes pelo Fogão foram expulsos

Logo no início, Luiz Fernando perdeu gol cara a cara com o goleiro paranista, na pequena área. Após um período morto, Luiz Fernando novamente incomodou, dessa vez girando em cima de René e sofrendo pênalti. Na Cobrança, Lindoso bateu com categoria e fez. Nervoso e desorganizado, o time paranaense não ofereceu perigo. Os únicos chutes eram de Alex Santana. De tanto tentar, o meio-campista foi premiado e marcou no último lance.

Comentários