Com gol anulado no fim, Santos empata com Botafogo e amplia jejum

Gazeta Esportiva.com

Santos e Botafogo ficaram no empate sem gols no Rio de Janeiro (Foto: André Fabiano / Código19/Gazeta Press)

O Santos completou a quinta partida consecutiva sem vitória no Campeonato Brasileiro durante a tarde deste sábado. No Estádio do Engenhão, com um gol do Botafogo anulado nos minutos finais, o time comandado por Cuca empatou por 0 a 0, resultado que mantém a equipe perigosamente próxima da zona de rebaixamento.

Com 17 pontos ganhos, o Santos aparece apenas no 15º posto e corre risco de terminar a rodada no grupo da degola, já que pode ser ultrapassado por Bahia e Chapecoense, ambos com 17 pontos. Já o Botafogo, com 21 pontos, detém o 10º posto do torneio nacional.

Em jogo antecipado, válido pela primeira rodada do returno, o Santos volta a campo para enfrentar o Ceará às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio Presidente Vargas. Já o Botafogo pega o Paraná às 11 horas do próximo domingo, no Durival de Britto.

O Jogo – Posicionado em um camarote do Engenhão, o técnico Tite viveu poucas emoções no primeiro tempo. Defendido pelo estreante meio-campista uruguaio Carlos Sanchez, o Santos criou pouco e praticamente não deu trabalho algum ao goleiro Saulo durante a metade inicial.

Já o Botafogo, dirigido interinamente por Bruno Lazaroni, cresceu nos minutos finais do primeiro tempo e chegou ao ataque de forma consistente. Na melhor chance, Gustavo Henrique cortou errado e deu a bola de presente para Pimpão, que cruzou pela direita. Kieza foi travado e, na sobrea, Luiz Fernando mandou para fora.

O Santos respondeu no segundo tempo e quase saiu na frente. Sanchez rolou para esquerda e, após intervenção da defesa botafoguense, a bola sobrou para finalização de Victor Ferraz. Saulo defendeu parcialmente e a bola tocou no travessão. No rebote, com o goleiro caído, Yuri Alberto cabeceou para grande defesa do arqueiro adversário.

Em busca de sua primeira vitória como técnico do Santos, Cuca fez as três alterações e, na última mudança, resolveu promover a estreia do atacante paraguaio Derlis Gonzalez, colocado no lugar de Bruno Henrique. Ainda assim, o placar permaneceu inalterado.

Aos 40 minutos do segundo tempo, Renatinho recebeu nas costas da defesa e levou a melhor diante de Vanderlei. No entanto, o assistente Pedro Martinelli marcou impedimento de Luiz Fernando. O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, confuso, hesitou por alguns instantes e decidiu anular o gol, o que revoltou atletas e torcedores botafoguenses.

Comentários