Obras do Reviva Campo Grande será entregue no próximo dia 29, afirma secretário municipal

Nádia Nicolau

O secretário municipal de infraestrutura e serviços públicos, Rudi Fiorese, afirmou, nesta segunda-feira (11), que a pasta está “melhor preparada para o período de chuvas” e que as equipes estão trabalhando para “dar respostas mais rápidas aos problemas”.

Em relação às obras na Rua Brilhante, o secretário disse que estão na fase final dos reparos, das melhoras em calçadas, nas bocas de lobo, bem como as Estações de embarque, mas que a previsão de entrega da obra concluída é maio de 2020, data que completa exatamente um ano de início do projeto.

Outra importante reforma que está sendo executada é na Avenida Ernesto Geisel, que corta a cidade de norte a sul. Conforme Rudi Fiorese, a obra tem recursos oriundos de convênio com o Ministério de Desenvolvimento Regional e teve o repasse atrasado, principalmente no período de seca. De acordo com o secretário, 40% da obra ainda precisa ser finalizada.

Fiorese também falou sobre a parceria entre a prefeitura da capital e o governo do estado que, na avaliação dele, “tem sido importante” e está possibilitando o andamento das obras pela cidade.

Reviva Campo Grande – sobre o projeto que prevê a revitalização do Centro de Campo Grande a partir do embutimento da fiação, ampliação das calçadas, criações de áreas de lazer e reordenamento do trânsito no entorno da Rua 14 de Julho – o secretário afirmou que a entrega já tem data: 29 de novembro de 2019. “A sensação é de missão cumprida, apesar de críticas, com fé e firmeza seguimos com esse projeto”, frisou Rudi Fiorese.

Asfalto – Fiorese confirmou, também, que a primeira etapa de pavimentação do bairro Nova Lima já está pronta e que há editais para a execução de novos trabalhos de asfaltamento em outras regiões, como o Anache, bem como o recapeamento.

“A prefeitura conseguiu R$ 70 milhões para o ano que vem”, destacou o secretário. Segundo ele, novos projetos de infraestrutura devem ser realizados com esse recurso [que são de emendas impositivas] e um deles é a revitalização da Avenida Duque de Caxias, que liga o centro ao Aeroporto Internacional de Campo Grande.

CLIQUE AQUI para conferir a entrevista completa.

Comentários