Com dois de Guerrero, Inter volta a vencer o Cruzeiro e vai à final da Copa

Globo Esporte/JN

Peruano, que pediu dispensa da seleção peruana para jogar nesta quarta-feira, sela classificação colorada após time vencer a ida, em BH, por 1 a 0

Dez anos depois, o Internacional está de volta à final da Copa do Brasil. O time gaúcho fez do Beira-Rio um palco em vermelho para uma grande exibição. Se impôs, soube aproveitar as falhas do Cruzeiro e venceu por 3 a 0, no jogo de volta da semifinal – o Colorado também venceu a ida, por 1 a 0. O trio ofensivo de estrangeiros brilhou. D’Alessandro, Nico López e Guerrero ditaram o ritmo. O peruano Guerrero foi o autor dos dois primeiros gols. Edenílson, que abriu o caminho da classificação na partida de ida, fechou a festa com um belo gol.

Guerrero fez dois gols na vitória do Inter contra o Cruzeiro (Foto: Globo Esporte)

As finais serão nas próximas, quartas-feiras, dias 11 e 18. O sorteio dos mandos de campo será feito na CBF nesta quinta-feira, às 15h (de Brasília), com transmissão ao vivo do GloboEsporte.com.

Os gols do Internacional coroaram o esforço do próprio Guerrero para estar em campo. O atacante entrou em contato com o técnico da seleção do Peru, Ricardo Gareca, e pediu a liberação dos amistosos contra Equador e Brasil, dias 5 e 10 de setembro, respectivamente, para poder atuar contra o Cruzeiro.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, o peruano abriu o placar. Aos 24 da etapa final, o atacante dominou no peito e bateu forte para ampliar.

Cofre cheio

A premiação para o campeão será de R$ 52 milhões e o vice ficará com R$ 21 milhões. Por terem entrado já nas oitavas de final, os dois finalistas receberam até o momento pouco mais de R$ 12 milhões.

 

Comentários