Com dois de Deyverson, Palmeiras vence e afunda Vitória na zona da degola

GE

(Foto: MARCELO MALAQUIAS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Com os reforços de Bruno Henrique e Dudu, o time reserva do Palmeiras fez mais uma vítima: bateu o Vitória por 3 a 0 no Barradão, na tarde deste domingo, no fechamento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Deyverson (duas vezes) e Dudu marcaram os gols do Palmeiras. Mesmo com o resultado, o Verdão segue em sexto, agora com 33 pontos – sete a mais do que o arquirrival Corinthians, sétimo colocado. Já o Vitória, que estreou o técnico Carpegiani, perdeu uma posição e termina a rodada na zona do rebaixamento, com 19.

O Palmeiras teve o controle absoluto nos 45 minutos iniciais. Além dos dois gols de Deyverson – um em chute da entrada da área e outro em cabeceio após escanteio – , o time poderia ter ido para o intervalo com vantagem até maior. Foram três chances desperdiçadas apenas numa incrível sequência, em que Marcos Rocha, Dudu e o próprio Deyverson pararam no goleiro ou na zaga do Vitória dentro da área. O time baiano pouco chegou. Na melhor oportunidade, Weverton fez boa defesa.

Foi um passeio do Palmeiras, que ampliou aos 13 com Dudu e criou outras chances para golear. Enquanto todo o sistema defensivo do Vitória dormia, só o goleiro Ronaldo trabalhava – ele terminou o jogo com cinco defesas difíceis, o que lhe rendeu 9 pontos no Cartola (já descontados os três gols sofridos). A atuação do Vitória era tão fraca que a torcida começou a sair antes dos 20 minutos. O comentarista Walter Casagrande Jr, da TV Globo, estranhou o comportamento de alguns jogadores do time baiano, que, apesar da derrota, tentavam lances de efeito: “Se continuarem desse jeito, como se fossem craques, o Vitória vai cair”. O Palmeiras, que não tem nada a ver com isso, parecia num treino de luxo. Felipão aproveitou para rodar o elenco: trocou Bruno Henrique e Dudu por Moisés e Diogo Barbosa.

Comentários