Com corda artesanal, presos escalam muralha e fogem da Máxima 

Dois presos fugiram do Presídio de Segurança Máxima da Capital na madrugada desta sexta-feira (19). Bruno Quadro Neves e Erickson Patrick de Oliveira Tinta, utilizaram uma corda artesanal para escalar a muralha do estabelecimento penal.

maxima

Conforme informações divulgadas pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), os detentos estavam na cela 116 da ala B do pavilhão 1. Com uma corda artesanal, eles escalaram o muro do presídio e fugiram. O local onde eles estavam foi interditado para perícia. A segurança das muralhas são feitas por policiais militares.

A fuga está sendo investigada e os presos estão sendo procurados. Os dois cumpriam pena por roubo, sendo que Bruno foi preso no dia 6 de abril deste ano em Campo Grande. Ele era foragido do presídio de Santarém (PA) e tem mais de 17 passagens pela polícia.

 

 

 

Comentários

comentários