Com atividades de cultura e lazer, Parque das Nações terá luzes apagadas em apoio à Hora do Planeta

Foto Divulgação
Foto Divulgação

O  governo do Estado participa neste sábado (19) da Hora do Planeta 2016, ato simbólico organizado pela WWF para alertar as pessoas do mundo sobre a importância de proteger o planeta contra os impactos ambientais negativos, em especial quanto às mudanças climáticas e o aquecimento global. O evento será amanhã às 19h (horário de MS) no Parque das Nações Indígenas, conta com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), do Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul)  e terá diversas atividades, como caminhada, passeio ciclístico, sorteio de brindes e show de Jerry Espíndola.

Programação – Os técnicos do Imasul colaboram na organização da Hora do Planeta na Capital. A concentração do evento será na Concha Acústica Helena Meirelles. Os participantes do passeio ciclístico (aberto ao público) deverão sair do Portão do Yotedy, seguir pela Rua Antônio Maria Coelho, Avenida Mato Grosso, Parque dos Poderes, Avenida do Poeta, Avenida Afonso Pena e seguem novamente para o Parque das Nações Indígenas pelo Portão Nhandeva, próximo ao Museu Dom Bosco.

Após completar a volta na pista do Parque (Monumento Indígena /Zarabatana e Cavaleiro do Guaicuru) os ciclistas e participantes da caminhada se reúnem novamente na Concha Acústica Helena Meirelles. Em seguida, haverá a contagem regressiva de 10 segundos e as luzes do Parque das Nações Indígenas serão apagadas a partir das 19h30. Ainda está programado, na Concha Acústica, o show do cantor Jerry Espíndola, às 20h.

Para esse evento, o SESC de Campo Grande irá emprestar bicicletas ecológicas – estrutura feita com cerca de 500 garrafas pet. Essas bikes poderão ser usadas pelos participantes que não tiverem as suas próprias bicicletas.  Em 2015, o evento reuniu 100 ciclistas e 50 pessoas que fizeram o percurso de 10 km e 5 km, respectivamente.

Hora do Planeta em Campo Grande – Pelo oitavo ano consecutivo, a organização ambientalista WWF-Brasil promove a Hora do Planeta no país. Essa é a maior mobilização mundial criada para que os líderes globais adotem medidas para deter as mudanças climáticas. Até o momento, 96 cidades brasileiras já confirmaram participação neste ato simbólico. Entre elas, Campo Grande, que, excepcionalmente, irá realizar a Hora do Planetamais cedo, entre 19h30 e 20h30, em função do horário de fechamento do Parque das Nações Indígenas, local onde será realizado o evento. A Capital também irá apagar as luzes do Obelisco e das praças das Araras, Pantaneira e Epaminondas Alves Ferreira.

Realização – A Hora do Planeta 2016 é uma realização do WWF-Brasil, FUNDESPORTE e SESC, com apoio do governo do Estado por meio da Semade, Imasul e demais órgãos da administração estadual.

Comentários

comentários