Com ajuda de Senna, Nelsinho Piquet se torna 1º campeão mundial de Fórmula E

Nelsinho Piquet conquistou o primeiro campeonato mundial de Fórmula E – Foto: Maxim Shemetov / Reuters

O brasileiro Nelsinho Piquet comemorou neste domingo o título da primeira temporada da Fórmula E. O brasileiro brigava com o suíço Sebastien Buemi e o compatriota Lucas di Grassi. Porém, outro brasileiro foi importante para a conquista de Nelsinho: Bruno Senna segurou Buemi nas voltas finais e deu uma mão para o conterrâneo.

Vencedor na primeira corrida em Londres, no sábado, Buemi deu sorte no classificatório para a prova de domingo. Como os pilotos fazem a classificação em grupos diferentes, definidos por sorteio, o suíço se beneficiou de pegar a pista em um momento em que estava mais seca e conseguiu largar na sexta posição.

Nelsinho foi o que se deu pior, enfrentou a chuva mais acentuada e fez apenas o 16º tempo. Por sua vez, Di Grassi não teve tanto azar, não conseguiu um tempo perto do de Buemi, mas largou cinco posições à frente do compatriota.

A corrida foi tensa para os brasileiros, que precisavam escalar posições para continuar sonhando com o título. Nelsinho apostou em economizar a bateria de seu carro elétrico para ficar mais tempo na pista no começo e assim poder forçar mais quando pegasse o segundo carro. Ele chegou a liderar a prova por um tempo e viu a estrategia render alguns lugares.

O então líder da Fórmula E aparecia na 10ª colocação quando um carro de segurança juntou todo mundo a menos de 10 voltas para o final. Neste momento Buemi era o sexto colocado e Di Grassi vinha logo atrás, no sétimo posto.

As últimas voltas foram eletrizantes. Nelsinho começou ultrapassando o companheiro de equipe e depois ganhou mais uma posição, que o deixou provisoriamente como campeão. O suíço precisava passar Senna para ser campeão, mas o brasileiro segurou o rival e ajudou Nelsinho a comemorar o título.

Fonte: UOL

Comentários

comentários