Coleta de lixo em Campo Grande não sofre alterações por enquanto

Da Redação/JN

Com a distribuição de combustível comprometida por conta da paralisação dos caminhoneiros, algumas cidades do país tiveram alterações na coleta de lixo. Em Campo Grande a Solurb afirmou que não há previsão de redução na coleta de lixo na capital.

Solurb está coletando lixo na região sul e oeste de Campo Grande

Em nota a Solurb disse que “Diante da dificuldade de distribuição de combustível, devido as greves de caminhoneiros por todo o país, informamos que possuímos em nosso pátio tanque de combustível com volume de armazenamento suficiente para dois dias de operação”.

Segundo a instituição, o fornecedor garantiu que haverá diesel até o dia 28 de maio, portanto o combustível seria suficiente para operar normalmente até o dia 29 de maio: “Ocorre que a entrega desse diesel está associada a livre circulação dos veículos de distribuição, o que até o momento não foi afetada com a greve”.

Apesar da previsão, a Solurb não descarta a suspensão caso a paralisação se mantenha: “Caso a informação do fornecedor não se confirme, esta situação poderá ser alterada. Esperamos que essa situação seja normalizada o quanto antes, uma vez que uma possível falta de coleta de lixo na capital acarretará grandes transtornos para a população campo-grandense”.

Comentários

comentários