Coincidência triste: 4ª Mayara é assassinada em MS entre um ano de crime de gênero

Lúcio Borges

Foto: Cido Costa/Dourados Agora

O nome Mayara deve estar com algum ‘carma’ em Mato Grosso do Sul, para serem vitimas do machismo, violência e mortes em Feminicidios. Apesar do crime de violência contra a Mulher, infelizmente, atingir a qualquer nome feminino e não ser novidade no Estado, que está entre os primeiros do Brasil no ranking dos crimes de gênero, nesta semana, foi registrado o assassinado da quarta Mayara, entre um ano. A jovem Mayara Freitas Matoso, 25 anos, foi morta na última terça-feira (25), em Dourados, e, agora se soma as outras três vitimas com mesmo nome, que foram mortas em Feminicidios em Campo Grande e em Rio Brilhante, entre julho de 2017 a junho deste ano, como Página Brazil noticiou todas.

Contudo, felizmente o acusado de espancar e matar estrangulada a moça, foi preso nesta sexta-feira (28), na segunda maior cidade de MS, a 225 KM da Capital. Um mandado de prisão expedido foi cumprido na manhã de hoje contra o homem, que infelizmente não teve nome divulgado e nem o local de sua prisão.

A Mayara de Dourados seria garota de programa e foi encontrada morta em cima da cama por uma amiga, que acabou presa após alterar a cena do crime. Mas, segundo o delegado Rodrigo Daltro, foi descartada a participação da amiga no homicídio. O suspeito disse, em depoimento, que teria discutido com Mayara por causa de dinheiro, desferindo um soco no rosto da jovem. “Ele teria combinado um programa com Mayara, mas estava sem dinheiro para pagar, caso que haviam combinado, e por isso, brigaram e ele teria cometido o crime”, comentou o delegado sobre o que o assassino depôs.

O Página Brazil vem noticiando e acompanhando os caminhos no Poder Judiciário, nos casos na Capital, que estão sendo julgados pelas mortes em Feminicidios de Maiara Amaral, musicista morta em junho de 2017, por Luis Alberto Bastos Brabosa, 29 anos. Bem como no caso de Mayara Fontoura Holsback, morta em setembro do ano passado, por Roberson Batista da Silva, 33 anos.

Agora está com medo de morrer

Ainda segundo o delegado, o autor pediu para não ser levado para a PED (Presídio Estadual Dourados), já que o namorado de Mayara cumpre pena no estabelecimento penal.

Assassino de uma das Mayaras tem julgamento marcado nesta semana

O sistema Judiciário anunciou a programação de julgamentos para acontecer nessa semana, onde serão realizadas sessões ordinárias e extraordinárias de júris populares na 1ª…

Laudo médico pode reduzir pena do assassino da musicista Mayara Amaral

Um laudo médico que chegou à justiça de Mato Grosso do Sul, nesta terça-feira (21), pode reduzir a pena de Luís Alberto Bastos Barbosa….

Culpa do ‘diabo’ fez ação de assassinato de Mayara Amaral, diz acusado

O réu Luis Alberto Bastos Brabosa, 29 anos, assassino confesso acusado pela morte da musicista Mayrara Amaral, vem com sua defesa usando os meios e…

Justiça descarta latrocínio e assassino de Mayara será julgado no Tribunal do Júri

Decisão unânime da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) nesta terça-feira (15) mudou a tipificação do caso…

Caso Mayara 2: Juiz decide que namorado vai a júri por feminicídio

O jovem Roberson Batista da Silva, assassino da segunda Mayara, em crimes ocorridos no ano passado em Campo Grande, finalmente teve seu destino para…

Suspeito de matar Mayara Holsback a tesouradas é preso

Foi preso na tarde desta segunda-feira (6), em Campo Grande, Roberson Batista da Silva, de 32 anos, principal suspeito de matar a tesouradas a…

Caso Mayara não pode ir somente como feminicídio, fala Promotora contra decisão de Juiz

A promotora de Justiça, Mariana Sleiman, apontou contrariedade e solicitou que Luís Alberto Barbosa, acusado do assassinato da musicista Mayara Amaral, 27 anos, não…

Juiz decide que assassino da musicista Mayara vai a júri por feminicídio

O musico Luis Alberto Bastos Barbosa, 29 anos, acusado pela morte de Mayara Amaral irá responder por feminicídio e não mais por latrocínio, tal como foi…

Celular de assassino de Mayara é encontrado com prováveis provas do crime

O músico, agora já réu na Justiça, Luis Alberto Bastos Barbosa, 29 anos, acusado pela morte da musicista Mayara Amaral, pode chegar no Tribunal,…

Feminicídio de 2ª Mayara tem acusado que já teria tentado matar ex-esposa e 10…

O assassinato de Mayara Fontoura Holsback, 18 anos, que ocorreu no último sábado (16), sendo apontado como o 23º Feminicídio de 2017, em Mato Grosso…

Comentários