Cientista ganhador de prêmio Nobel faz discurso sexista em conferência internacional

tim hunt
Tim Hunt venceu o Nobel da Medicina em 2001. Foto: Paulo Pimenta

Durante a Conferência Mundial de Jornalistas Científicos realizada na Coréia, Tim Hunt, 72 anos, renomado cientista e ganhador do Prêmio Nobel, disse para uma sala cheia de cientistas de alto escalão e jornalistas científicos que o problema com “meninas” que trabalham em ciência é que “três coisas acontecem quando elas estão no laboratório. Você se apaixona por elas, elas se apaixonam por você e quando você as critica elas choram”.

Hunt, chegou a dizer que os cientistas deveriam trabalhar em laboratórios separados por gênero, acrescentando que ele esperava “não ficar no caminho das mulheres”. Ele foi ganhador do prêmio Nobel em 2001, em fisiologia e medicina por seu trabalho com moléculas de proteínas e o seu papel na divisão celular.

Depois de ser alvo de críticas de diversos pesquisadores e cientistas, ele tentou se desculpar na Radio BBC ao afirmar que pretendia fazer um comentário irônico e que quis apenas ser honesto.

A Royal Society, da qual Tim Hunt é membro, publicou um comunicado oficial onde se distancia das afirmações “não reflectem” a opinião da instituição e que está empenhada em conseguir ter mais mulheres na Ciência.

Longe da igualdade de gênero

Um estudo divulgado pelo programa da UNESCO “Mulheres na Ciência” em 2014 verificou um crescimento de 12% da presença feminina em pesquisas científicas nos últimos 10 anos. Ainda sim apenas 30% dos investigadores são mulheres.

com informações da Time e Publico

Comentários

comentários