Cidade do interior vê 25 presos e retirada de 67 adolescentes de comércios na madrugada

Lúcio Borges

foto: divulgação PC-MS

A cidade de Aquidauana amanheceu com a noticias de uma Operação policial, que acabou por prender 25 pessoas adultas comerciantes, e, tirar ou apreender até os pais chegarem, 67 adolescentes. Os menores de idade estariam na madrugada deste sábado (16), em bares e casas noturnas do pequeno município, no Oeste de Mato Grosso do Sul, a 150 km de Campo Grande. Todo o contingente pego foi em flagrante cometendo as irregularidades ou mesmo crimes, como na venda e consumo de álcool nos estabelecimentos comerciais, além do que já seria proibido a presença de clientes com menos de 18 anos.

A PC-MS (Polícia Civil de MS), tem feito alguns ações com frequência na Capital, mas também tem atuado em outros cidades interioranas e turísticas, até por denuncias ou mesmo pelo óbvio do que acontece em todo País, com menores sem opções de lazer ou mesmo sem fiscalização do próprios pais, que deixam os menores soltos nas ruas.

A confirmação da ação vem da própria PC-MS, onde apontou que os locais que receberam a batida dos policiais já seriam alvo de investigação por venderem e/ou permitirem que menores de idade consumam bebidas alcoólicas, narguilé e drogas. Casos de prostituição infantil também estariam sendo apurados nos mesmos estabelecimentos.

O delegado titular da 1ª DP de Aquidauana relatou, em entrevista ao jornal local, que os adolescentes apreendidos foram encaminhados para o Conselho Tutelar, mas as medidas ou alguma providencia quanto a eles, não seria dada pela polícia.

“O Ministério Público solicitou para que fosse feita a apuração desses locais quanto à venda ilegal de bebidas alcoólicas, narguilé e drogas a menores de idade. Todos, os proprietários e funcionários de tabacarias e casas noturnas, foram presos durante a operação. Ainda retiramos 67 menores em situação de vulnerabilidade. Eles foram encaminhados ao Conselho Tutelar para as medidas cabíveis junto aos familiares. Em uma dessas casas noturnas, inclusive, foram encontradas porções de maconha no lixo do banheiro”, mencionou o delegado.

Comentários