Ciclista morre no hospital horas depois de bater em caminhão parado

Luiz Ardigo, 51 anos, veio a óbito na madrugada deste domingo (2) no HV (Hospital da Vida) em Dourados.

Segundo o Dourados News, ele deu entrada no hospital para receber atendimentos de emergência ainda no final da tarde de sábado (1).

De acordo com o relato da companheira de Ardigo, os dois voltavam de bicicleta da Feira Livre, onde passaram algumas horas ingerindo bebida alcoólica.

A vítima bateu contra um caminhão atrelado a um baú. O veículo estava parado. A esposa de Ardigo contou que a colisão aconteceu na rua Abdias Frazão do Nascimento, que dá acesso a BR-463. O casal segui em direção ao bairro Sitioca Campina Verde, onde residem.

Ele foi resgatado por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu e teve óbito registrado por volta das 3h20.

As circunstâncias do acidente ainda vão ser analisadas, principalmente com relação a iluminação pública no local e se o caminhão estava estacionado corretamente.