CIA revela casos de Óvnis por causa da volta de Arquivo X

A agência de Inteligência dos Estados Unidos, a CIA, resolveu celebrar a volta do seriado “Arquivo X” e publicou 10 casos sobrenaturais investigados pelo órgão nos anos 1940 e 1950.

2cia

Por isso, dividiu os documentos em duas partes: cinco histórias que o Agente Mulder adoraria explorar e provar que existe vida fora da Terra e cinco que a Agente Scully comprovaria serem fatos científicos e não sobrenaturais.

As histórias sonre Óvnis (Objetos Voadores Não Identificados) foram registradas na Alemanha, Espanha, norte da África, Japão e Estados Unidos.

Agência assumiu que casos poderiam estar ligados a alienígenas

Um dos casos de Mulder ocorreu na Alemanha, em 1952, quando uma testemunha afirmou que viu algo como “uma enorme panela voadora” pousando na floresta controlada pelos soviéticos.

Segundo o homem, dois seres desceram da aeronave vestindo roupas brilhantes e metálicas e partiram logo depois. “O objeto começou a levantar-se lentamente do chão e começou sua rotação”, explica a testemunha.

Outro documento da lista do agente, também de 1952, diz que cerca de 100 casos, entre os milhares investigados, permaneciam sem explicação. Em um trecho do texto, a agência ressalta que “aspectos interplanetários e origem extraterrestre” não poderiam ser completamente excluídos de consideração.

No parágrafo seguinte, a recomendação é que o interesse da CIA no assunto não se torne público e que fique distante da imprensa, por causa “de tendência alarmista”.

Já na lista dedicada a Scully, alguns documentos ressaltam a necessidade de uma abordagem mais científica do “problema dos discos voadores” e questionam dados não investigados, como os períodos de avistamentos.

Além dos casos específicos, há pareceres de encontros da comissão que investiga esse tipo de caso na CIA e a conclusão, para todos eles, é que não havia nenhuma ameaça direta à segurança nacional. De acordo com os técnicos, as pessoas avistaram aviões militares que tinham brilho porque refletiam as luzes refletidas por cristais de gelo.

Ainda há um link (em inglês) que explica detalhadamente como investigar um possível caso de avistamento de extraterrestres e quais os passos fundamentais numa pesquisa oficial.

O blog da entidade usou a clássica frase de Mulder para encerrar o post: “A verdade está lá fora”.

Veja a seguir as 10 dicas da CIA para investigar discos voadores:

1. Criar um grupo para investigar e avaliar avistamentos
2. Estabelecer os objetivos da sua investigação
3. Consultar especialistas
4. Criar um sistema de informação para organizar novos casos
5. Eliminar falsos positivos
6. Desenvolver uma metodologia para identificar aviões comuns e outros fenômenos aéreos que são confundidos com Óvnis
7. Examinar a documentação feita por testemunhas
8. Conduzir experimentos controlados
9. Recolher e testar evidências físicas e forenses
10. Desencorajar relatos falsos (BAND)

Comentários

comentários