Chevrolet lança a 6ª geração do Camaro

A General Motors (GM) mostrou neste sábado (16) a nova geração do Camaro, em um evento na cidade sede do grupo, Detroit, nos Estados Unidos. O esportivo foi praticamente reconstruído com materiais mais leves e design mais musculoso, salientado pelo novo capô.

A nova plataforma é compartilhada com o Cadillac ATS e CTS, mas cerca de 70% dos componentes são exclusivos do esportivo (Foto: Divulgação/Chevrolet)
A nova plataforma é compartilhada com o Cadillac ATS e CTS, mas cerca de 70% dos componentes são exclusivos do esportivo (Foto: Divulgação/Chevrolet)

“O Camaro foi para a academia e voltou com o corpo mais ágil e atlético na sexta geração”, comentou o vice-presidente global de design, Ed Welburn. O tempo de “malhação” também deixou o modelo 90 kg mais leve que o antecessor.

Segundo a fabricante, apenas 2 peças foram mantidas da 5ª geração: o emblema da Chevrolet na traseira e a inscrição SS. A nova plataforma é compartilhada com o Cadillac ATS e CTS, mas cerca de 70% dos componentes são exclusivos do esportivo.

19ma

A tecnologia também ajudará no desempenho. Pela primeira vez, o modelo SS, única versão importada oficialmente ao Brasil pela GM, contará também com suspensão adaptativa, com 3 estilos de pilotagem (Tour, Sport e Track). Até então, o sistema só era oferecido no topo de linha ZL1.

Motor 2.0
O esportivo estará disponível com uma nova gama de motores, que inclui um 2.0 turbocharged, de 275 cavalos de potência, que acelera até 100 km/h em menos de 6 segundos, segundo a GM.

Além dele, um novo V6 de 3.6 l, desenvolve 335 cv, e o tradicional V8 segue a opção que deve atrair mais, com 455 cv. Todas as versões são acompanhadas de câmbio manual de 6 marchas ou automático de 8 velocidades.

História
O primeiro Camaro apareceu em 12 de setembro de 1966 e chegou às concessionárias americanas algumas semanas depois, já como modelo 1967. Em reencontro recente, o gerente de produção da fábrica que produziu as primeiras unidades afirmou que não gostou do modelo à primeira vista.

19ro

Na época, o ‘muscle car’ era equipado com motor de 6 cilindros em linha, com pelo menos 140 cavalos de potência, mas já estavam à disposição os tradicionais V8, com potência entre 200 cv e 375 cv.

Na década de 1970, a 2ª geração reduziu os tamanhos dos motores para economizar combustível – o máximo era de 155 cv. Os cavalos começaram a se multiplicar novamente no final da década de 1980 e chegaram a 580 na versão ZL1.

Brasil

Depois de virar tema de música, o Camaro de 5ª geração é atualmente vendido no Brasil na versão bem equipada SS, ano 2015, por preços a partir de R$ 241.350. O modelo conversível não sai por menos de R$ 261.290.

Sem a rivalidade com o Ford Mustang, que não é importado oficialmente pela fabricante ao Brasil, o Camaro lidera as vendas em sua categoria, com 166 unidades emplacadas de janeiro a abril deste ano, segundo dados da Fenabrave. A nova geração ainda não tem data para desembarcar no mercado brasileiro.

Comentários

comentários