Chega a10 o número de mortes por gripe em Mato Grosso do Sul

Da Redação/JN

Com 38 pacientes diagnosticados com os três tipos de vírus da gripe de maior circulação (Influenza A, H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B), no Estado, também chegou a dez o número de mortos por conta da gripe em Mato Grosso do Sul.

Dos 38 pacientes confirmados com a gripe, 22 contraíram a influenza A tipo H3N2; sete por influenza A – não subtipado; seis com influenza A H1N1 e três com influenza tipo B.

As novas estatísticas foram divulgadas ontem (17) pelo Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Conforme o boletim, em todo o ano de 2017 foram seis mortes por gripe, enquanto nos cinco primeiros meses desse ano já foram registrados 10 óbitos. As mortes ocorreram em Nioaque, Aquidauana, Campo Grande (5), Chapadão do Sul, Naviraí e Três Lagoas.

Ainda conforme o boletim, em todo Estado são 289 casos notificados ainda aguardando confirmação e 123 pacientes já com gripe confirmada. Somente em Campo Grande são 76 casos de gripe já confirmados entre H1N1, Influenza A Não Subtipado, H3N2 e Influenza B.

De acordo com a SES, não há mais mortes sob investigação no Estado.

Comentários