Chefe do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira

A Polícia Federal recebeu Levi Adriano Felício, suspeito de ser um dos principais fornecedores de armas e drogas para facções criminosas brasileiras, na Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na noite desta terça-feira (15).

Suspeito de narcotráfico é entregue às autoridades brasileiras, em Foz do Iguaçu — Foto: Senad/Divulgação

Ele foi preso pela Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad), na segunda-feira (14), e entregue às autoridades brasileiras nesta terça.

Representantes da Senad encaminharam o suspeito de narcotráfico do Aeroporto Internacional de Assunção, no Paraguai, para Cidade do Leste.

De acordo com a Senad, Felício usava identidade falsa e foi preso no apartamento de luxo onde morava, em Assunção. Com ele, a polícia apreendeu dinheiro, documentos, armas e munição.

Outro suspeito de chefiar a quadrilha também foi preso na cidade de Pedro Juan Caballero, que fica na fronteira com o Brasil pelo Mato Grosso do Sul.

Felício será levado para a carceragem da Polícia Federal, em Foz do Iguaçu. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) informou que vai definir o local para onde Felício será transferido.

Comentários