Chamada de vídeo no WhatsApp pode ser armadilha para usuários de iPhone

WhatsApp ainda não liberou o recurso de chamadas de vídeo para o iPhone Divulgação
WhatsApp ainda não liberou o recurso de chamadas de vídeo para o iPhone Divulgação

A ansiedade por atualizações em aplicativos pode tornar o usuário mais vulnerável a invasões de hackers. Donos de iPhones vem recebendo um falso link para ativar o recurso de chamada de vídeo. O alerta feito por pesquisadores de segurança da Kaspersky Lab nesta quinta-feira, apontou o usuário do IOS como principal vítima da nova ameaça. Até o momento, só aparelhos Android têm o recurso disponível.

A campanha falsa encaminha um link que, quando acessado, solicita que a vítima o compartilhe com pelo menos três grupos ou dez contatos no Whatsapp. Ao completar essa etapa, o dono do aparelho vai ser direcionado para a instalação de softwares de origem duvidosa.

“Essa não é a primeira campanha maliciosa no WhatsApp que promete esse recurso”, afirma Fabio Assolini, analista de segurança da Kaspersky Lab Brasil, “Como agora o recurso está disponível oficialmente para usuários do Android, cibercriminosos estão aproveitando o interesse pelo recurso para enganar mais vítimas e assim lhes causar prejuízo”, completa o analista.

A maioria dos softwares oferecidos são programas de otimização do aparelho, navegadores e jogos. Outros caminhos levam o usuário a páginas com serviços premium em que, caso informe o seu número, será cadastrado em serviços de SMS que cobram valores semanais descontados de sua conta, ou de seus créditos.

“Voce ja pode conversar e ver seu amigo pela nova funcao WEBCAM no WhastApp Ative Agora/Funcionou perfeitamente aqui, mais a qualidade fica melhor com Wifi”, diz a mensagem. De acordo com especialistas, o usuários deve ficar ligado a erros de ortografia, que são fortes indicios de uma possível fraude.

Segundo os especialistas do Kaspersky, quem estiver interessado no novo recurso do aplicativo, deve aguardar até que a atualização oficial do desenvolvedor seja disponibilizada.

Comentários

comentários