Chacina deixa cinco mortos em Paranhos e polícia identifica vítimas

Uma chacina no final da tarde de ontem (19), deixou cinco pessoas mortas em Paranhos, a 454 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações do site Dourados News, pistoleiros passaram em uma caminhonete Toyota Hillux em frente a uma panificadora da cidade e dispararam aproximadamente 100 tiros de fuzil.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Bruno Vieira, Arnaldo Alderete Peralta, Rodrigo Silva e Mohamed Neto, conhecido como “Jarrão” morreram na hora. Anderson Betton e Diego Alderete foram socorridos em estado grave e encaminhados ao hospital de Amambai. Denis Gustavo, que também estava com o grupo, não resistiu e morreu após receber atendimento médico. Um cliente que estava no local foi atingido por um tiro de raspão.

Chacina 1

A polícia está investigando o caso e o crime pode ter ligação com a disputa pelo tráfico de drogas da região.

O crime ocorreu por volta das 18h15min na Rua Marechal Dutra, no Centro do município, que fica na fronteira com o Paraguai.

Há informações de que ocupantes em duas camionetas teriam se aproximado do estabelecimento comercial atirando. Três homens morreram no local e outros dois durante atendimento médico. O sexto está internado.

Segundo a polícia, Arnaldo era o único de nacionalidade paraguaia e Mohamed natural de Minas Gerais. Os demais do Estado sul-mato-grossense.

Ainda conforme informações policiais, a principal hipótese é que as execuções estejam relacionadas ao tráfico de drogas. Também não é descartado acerto de contas devido a uma briga.

Além da polícia de Paranhos, equipes da Polícia Civil de Sete Quedas e Tacuru estão empenhadas na investigação. Por enquanto, não há informações sobre prisões.

Comentários

comentários