Centro Oeste: MS fica para 2º turno ante dois que venceram com vantagem

Lúcio Borges

A apuração das urnas da eleição na região Centro Oeste também acabou, onde dos três Estados, e mais o Distrito Federal, que elege também um governador, apenas em Mato Grosso do Sul haverá segundo turno, onde se apontava termino do pleito neste domingo (7). Os estados de Goiás e Mato Grosso definiram com larga vantagem os novos chefes de Executivo.

No Centro Oeste, os partidos e nomes eram todos conhecidos se dividindo entre grandes partidos PSDB, MDB, DEM e PSD.

O MS terá segundo turno entre Reinaldo Azambuja (PSDB) que obteve 44,61% e Odilon de Oliveira (PDT) que obteve 31,62%.

No Distrito Federal, Ibaneis (MDB) vai disputar com larga vantagem, apesar de não ter fechado o primeiro turno. O Mdebista obteve 41,97% contra 13,91% do atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Fechou no primeiro turno

Em Mato Grosso, o novo governador foi eleito com 58,6% dados a Mauro Mendes (DEM) ante os 19,5% de Wellington Fagundes (PR).

Os goianos definiram que Ronaldo Caiado (DEM) volte ao governo do Estado de Goiás com 59,7% contra Daniel Vilela (MDB), que obteve 16,15%.

Comentários