Centro Integrado de Justiça é inaugurado nesta quinta em Campo Grande

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul entrega à população de Campo Grande nesta quinta-feira (08), às 9h, o Centro Integrado de Justiça (CIJUS) Desembargador Nildo de Carvalho. O Cijus estará na rua 26 de Agosto, esquina com Calógeras. Com mais de 13.200 m², o prédio passou por reforma e adaptações necessárias para abrigar diversos serviços do Judiciário.

Reprodução – Alcides Neto (CGNews)

O local onde antes funcionava um shopping popular foi remodelado para abrigar gabinetes de juízes, salas de audiência, plenários e diversos espaços. Situado na área central de Campo Grande, estratégica por estar próxima a pontos de ônibus, táxis e mototáxis, o prédio é um espaço moderno, centralizado e de fácil acesso, que atende a crescente demanda pela justiça, com mais comodidade e eficiência.

No Centro Integrado de Justiça, os Juizados Especiais contam com 19 salas de audiências, duas salas de palestras, 21 salas de conciliação, três para a Defensoria, três para o Núcleo de Solução de Conflitos, além de 220 lugares de espera com o necessário conforto ao usuário.

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Desembargador José Maria Lós, destaca a relevância da inauguração do Cijus e enfatiza a importância que a justiça terá com a população. “Isto é o coroamento daquilo que nós declaramos quando tomamos posse do Tribunal de Justiça, de levar o judiciário para próximo da população.”

No pavimento térreo ficam a atermação, a triagem, o serviço expresso, o gabinete médico e odontológico. Para o Departamento dos Juizados Especiais há duas salas amplas, 16 gabinetes para juízes, sala de reunião, central de segurança, sala de contadoria, de apoio para a Procuradoria-Geral do Estado, da Defensoria, Promotoria e para a OAB.

No local está instalada também a Secretaria Judiciária de 1º Grau, com previsão para até 300 postos de trabalho, e salas de apoio. A Justiça Restaurativa tem sala de ludoterapia e brinquedoteca e o Núcleo de Projetos, como o de adoção e do Projeto Padrinho, também está no local. Para as Turmas Recursais foram disponibilizados plenário, com mais de 70 lugares, e sala ampla no pavimento superior.

Ressalte-se que o local é composto por dois pisos, ampla área de subsolo e estrutura para receber mais dois pavimentos, se necessário, o que mostra a visão de futuro da administração do poder Judiciário em deixar estruturadas as instalações judiciárias para as próximas gerações.

Além disto, possui amplo estacionamento no subsolo e no terraço, com cerca de 277 vagas para carros e 82 para motocicletas, inclusive vagas para idosos e pessoas com deficiência.
Como a obra de adaptação e reforma privilegiou a acessibilidade e a ecoeficiência, o local tem elevadores, escadas rolantes, rampas e banheiros adaptados.

O sistema de climatização é moderno e eficiente e os sistemas hidráulicos e energéticos estão de acordo com as modernas técnicas de engenharia, o que permite mais economia com respeito ao meio ambiente.

Fonte: TJMS

Comentários