Centro Cultural oferece oficina gratuita de percussão

Foto Divulgação
Foto Divulgação

O Centro Cultural José Octávio Guizzo, unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), através do Programa Educativo estará com matriculas abertas nos dias 13 e 14 de outubro das 8 às 21 horas ou enquanto durarem as vagas para a oficina gratuita “Vivência Rítmica: Oficina de Percussão com Chico Simão”, direcionada para pessoas a partir de 12 anos. O curso tem início em 15 de outubro e término em dezembro.

A oficina permitirá desenvolver durante três meses uma vivência com os alunos permitindo o contato e expressão através dos instrumentos de percussão como os tambores de vários tipos, localidades, tamanhos e sons diferentes. Também irá desenvolver a partir do corpo, do movimento de práticas através da percussão corporal. Jogos rítmicos com fundamentos da música como a pulsação, o ritmo, tensão-relaxamento, timbres e ritmo coletivo.

“Tal vivência refletirá positivamente na atuação e no desenvolvimento humano dos envolvidos, uma vez que é uma atividade em grupo, que privilegia a noção de coletividade, cooperação, paciência, desenvolvimento cognitivo, empatia, percepção, superação, expressão corporal e também a auto expressão e a sensação de pertencimento. Não é preciso conhecimento prévio em música para realizar a oficina”, explica o professor Chico Simão.

Chico Simão iniciou sua carreira em São Paulo, atuando como percussionista em eventos, workshops e apresentações musicais, com bandas e grupos independentes como Olho da Rua, Cia. das Artes Baque Bolado, Cia. Cênica Nau de Ícaros, Kamberimbá e das gravações dos Cds Nação Ameaçada com Afetos e Manifesta, com a Banda do Baque. Formado em Licenciatura em Educação Musical pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e trabalhou como percussionista concursado na Orquestra Sinfônica de Campo Grande de 2007 a 2014.

Em 2001 participou do musical Cambaio, com turnê nacional nas principais capitais do país. O espetáculo teve a direção de João e Adriana Falcão, direção musical de Lenine, letras de Chico Buarque e músicas de Edu Lobo. Em Recife, gravou uma faixa no Cd Caribantu, de Lenine.

Em 2002 em Campo Grande, Chico Simão realizou a primeira oficina de percussão voltada para o ritmo do Maracatu Nação de Baque Virado. No processo dessa oficina surgiu o grupo de percussão Bojomalê, onde atuou como músico e diretor musical em eventos como Festival de Inverno de Bonito 2003 e 2005, Festival América do Sul 2004 e 2007, 4º Prelúdios da Primavera e Festival Internacional de Música em Dourados.

Como baterista e percussionista gravou 2 cds com a banda sul-mato-grossense Sarravulho e já trabalhou em diversas instituições com atividades culturais e musicais pelo Estado e como professor-técnico da Secretaria de Educação (SED/MS).

Serviço – Os interessados deverão se dirigir ao Centro Cultural que fica localizado na rua 26 de agosto, 453, centro,  para realizar a matricula nos dias 13 e 14 de outubro das 8 às 21 horas ou até preencherem as 15 vagas, devem vir munidos de cópias do RG, CPF e comprovante de endereço, no caso de menores de idade deverão vir acompanhados dos pais ou responsáveis e apresentar a mesma documentação.

A oficina terá certificado e acontecerá em outubro nos dias 15,16,22,23 e 29 das 9h30 às 11h30 e nos dias 18,19,20,21,25,26,27 e 28 das 18h30 às 20h30, em novembro nos dias 05,12,19,26 das 9h30 às 11h30 e nos dias 01,03,08,10,17,22,24 e 29 das 18h30 às 20h30, em dezembro nos dias 03,10 e 17 das 9h30 às 11h30 e nos dias 01,06,08,13 e 15 das 18h30 às 20h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795.

Comentários

comentários