‘Cena horrível’, diz inspetor após analisar casa com corpos de pai e filha

A polícia tenta desvendar o que aconteceu na casa onde moravam o pai e uma filha em Nova Tramandaí, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Pai e filha foram encontrados mortos em casa Foto: Reprodução/Facebook
Pai e filha foram encontrados mortos em casa Foto: Reprodução/Facebook

Os corpos dos dois foram encontrados na terça-feira (30) com perfurações de um objeto cortante, possivelmente faca.

A partir desta quarta (1), diligências serão realizadas por policiais na cidade, e testemunhas serão ouvidas (veja mais na reportagem do Bom Dia Rio Grande).

“Fomos até o local, e lá constatamos uma cena horrível”, disse o inspetor da Polícia Civil Josemar Raimundo Bandeira. Logo após a ida da polícia até a casa, uma equipe de perícia foi chamada para examinar o local.

Foi um amigo das vítimas que chamou a polícia após ir até a casa, não ser atendido, e também não conseguir entrar.

De acordo com o delegado plantonista Gerri Adriani, o crime teria ocorrido entre 15h e 18h. O corpo da menina foi encontrado dentro do quarto e apresentava marcas de ferimentos de faca no tórax e no rosto, pelo menos cinco. Já o pai foi achado morto na sala, também com ferimentos de objeto cortante, sendo aproximadamente 10.

O homem foi identificado como Rodrigo Rosa Araújo. Segundo a polícia, ele morava na casa situada na Rua Alagoas com a filha e com o pai, avô da criança, que faleceu no último sábado (27) de morte natural. A mãe da menina está separada do marido e vive em Santa Catarina.

Para tentar esclarecer o que ocorreu, diligência serão realizadas nesta quarta, e a polícia ouvirá testemunhas, parentes e vizinhos.

“A investigação continua, temos que ouvir testemunhas. Nesse primeiro momento foi feita a oitiva da pessoa que foi a primeira a ir até a casa”, diz o inspetor. Apesar da suspeita de que tenha ocorrido um homicídio seguido de suicídio, outras hipóteses não são descartadas.

“Uns vizinhos relataram umas coisas, outros outras, então agora a polícia vai realizar todas as diligências necessárias para elucidar se foi realmente homicídio da menina e suicídio do pai”, salienta.

G1

Comentários

comentários