CBF vê como erro do árbitro a expulsão de Lucas Lima

A comissão de arbitragem da CBF avalia como erro a expulsão do meia do Santos, Lucas Lima, no jogo diante do Internacional. Essa é a realidade nos bastidores da entidade porque, oficialmente, a informação é de que o árbitro Rodrigo Batista Raposo ainda será avaliado. A tendência, no entanto, é a punição do juiz.

RS - BRASILEIRÃO/INTERNACIONAL X SANTOS - ESPORTES - Lucas Lima, do Santos, deixa o campo após ser expulso da partida contra o Internacional, válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), nesta quinta-feira (8). 08/09/2016 - Foto: JEFERSON GUAREZE/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
 Lucas Lima, do Santos, deixa o campo após ser expulso da partida contra o Internacional, válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), nesta quinta-feira (8). 08/09/2016 – Foto: JEFERSON GUAREZE/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

No jogo de quinta-feira, pelo Brasileiro, Raposo deu o segundo cartão amarelo e consequentemente o vermelho para Lucas Lima por cera. O lance ocorreu no final do primeiro tempo de jogo. O Inter ganhou a partida e gerou revolta no presidente do Santos, Modesto Roma, que classificou o trio de arbitragem de ”vagabundo” em entrevista à ESPN.

Questionada, por meio da assessoria, a comissão de arbitragem da CBF informou que a orientação para árbitros é ”acrescentar o tempo necessário ao jogo” quando houver cera. E disse que que não houve nenhuma mudança nesta instrução. Sobre o árbitro, a confederação disse que ele ainda será avaliado pela comissão independente de arbitragem e depois serão tomadas as medidas cabíveis. Enquanto isso, o chefe de arbitragem, Sergio Corrêa, não se pronunciaria sobre o lance.

Na prática, já existe a avaliação de que ele cometeu um equívoco. Primeiro, desrespeitou a orientação da confederação de acrescentar tempo para cera. Segundo, demonstrou falta de critério já que não adotou punição similar em outros casos, seja no jogo, seja no campeonato. (UOL)

 

Comentários