CBF leva 2ª multa da Fifa por homofobia em jogo da seleção

622_2a1ab48f-5cde-3c91-b710-3269fa71bafe
Arena das Dunas recebeu Brasil x Bolívia (Foto: Divulgação/ESPN)

A Fifa anunciou nesta quinta-feira (3) que a Confederação Brasileira de Futebol foi multada mais uma vez pelo comportamento da torcida da seleção brasileira, que cantou gritos homofóbicos.

Depois da multa de cerca de R$ 66 mil pelos cânticos homofóbicos do jogo da seleção brasileira contra a Colômbia, em 6 de setembro, uma nova punição, agora de R$ 83 mil, foi imposta pela Fifa à CBF no jogo contra a Bolívia válido pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Além da multa, a Fifa mandou uma nova advertência à CBF.

A CBF também foi multada em R$ 50 mil por conceder entrevista fora de um dos locais oficiais no duelo contra a Venezuela, fora de casa, em 11 de outubro, pelas eliminatórias.

No relatório de punições da Fifa nas eliminatórias para a Copa, já constam 26 casos de homofobia da torcida.

Albânia e Croácia foram os países que mais tiveram que gastar com punições por mau comportamento da torcida. Foram cerca de R$ 166 mil para cada um.

Kosovo, Estônia, Ucrânia, Paraguai, Chile, Argentina e Irã foram os outros multados.

Comentários

comentários