CBF diz ‘não’ ao pedido do Santos pela liberação de Rodrygo

Gazeta Esportiva.com

CBF não libera Rodrygo para o clássico (Ivan Storti)

A CBF disse ‘não’ ao pedido do Santos pela liberação de Rodrygo de amistosos contra o Chile pela seleção brasileira sub-20, nos dias 13 e 15. A confederação entrou em contato com o presidente José Carlos Peres e afirmou que a lista atualizada após três cortes, incluindo Yuri Alberto, não sofreria mais alterações.

O Peixe ainda tenta ter Rodrygo no clássico contra o Corinthians, dia 13, no Pacaembu, mas não tem o direito de exigir a liberação por ser uma Data FIFA. Com Carlos Sánchez e Derlis González, do Uruguai e Paraguai, respectivamente, o alvinegro obteve êxito.

Em entrevista coletiva na noite desta sexta-feira, depois do 1 a 0 diante do Vitória, no Barradão, o técnico Cuca pediu bom senso à CBF.

“Preservamos para não perder contra o Corinthians, e aí não conseguimos liberação da seleção sub-20. Vamos ver. Vou sempre servir o melhor que eu posso a seleção, Felipão, Edu, Tite, mas eles precisam pensar na nossa luta pela Libertadores e a perda do Rodrygo. Faço o pedido e poderei ajudar com o maior prazer do mundo, mas peço bom senso nesse jogo para que ele fique nessa partida contra o Corinthians”, disse o treinador.

Se Rodrygo for mesmo desfalque, o ataque do Santos deve ser formado por Derlis González, Bruno Henrique e Gabigol no clássico.

Confira a lista atualizada de convocados:

GOLEIROS

Matheus Mendes – Atlético-MG

Hugo – Flamengo

Vinícius – Criciúma

DEFENSORES

Emerson – Atlético-MG

Luan Cândido – Palmeiras

Lucas Ribeiro – Vitória

Michael Rangel – Flamengo

Rodrigo Guth – Atalanta

Vitinho – Club Brugge

Vitão – Palmeiras

Walce – São Paulo

MEIAS

Gabriel Menino – Palmeiras

Igor – São Paulo

Luan – São Paulo

Marcos Antônio – Estoril

Mauro Júnior – PSV

Éderson – Cruzeiro

ATACANTES

Marquinhos Cipriano – Shakhtar Donetsk

Matheus Cunha – RB Leipzig

Paulinho – Bayer Leverkusen

Rodrygo – Santos

Vinícius JR. – Real Madrid

Rafael Elias (Papagaio) – Palmeiras

Comentários