CBF divulga numeração fixa da Seleção Brasileira para amistosos

Neymar continuará a ostentar a camisa 10, enquanto Kaká, que utilizou o número sob o comando de Dunga no Mundial de 2010, ficará com a camisa 20 diante de Costa Rica e EUA

Os convocados da Seleção Brasileira continuarão a estender a rotina de sua entrar em campo com numeração fixa aos seus amistosos. A CBF divulgou nesta quinta-feira os números com os quais os 23 atletas estarão nos amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos, nos dias 5 e 8 de setembro, respectivamente.

Desde o Mundial de 2014, Neymar utiliza a camisa 10 da Seleção (Foto: Heuler Andrey/ Mowa Press)
Desde o Mundial de 2014, Neymar utiliza a camisa 10 da Seleção (Foto: Heuler Andrey/ Mowa Press)

Assim como é habitual desde a Copa do Mundo de 2014, Neymar utilizará a camisa 10. Referência da Seleção Brasileira comandada por Dunga no Mundial de 2010, o meia Kaká ostentará o número 20.

Testado por Dunga entre os titulares nos treinos no campo do NY Red Bulls, o meia-atacante Lucas Lima ficará com a camisa 24. Atletas que atuaram na Copa América seguirão com numeração de titulares: Douglas Costa vestirá a camisa 7 e Roberto Firmino ostentará o número 9.

Já Phillipe Coutinho, que foi chamado para substituir o meia Oscar, e Marcelo, que “herdou” a vaga do cortado Filipe Luís ganharam numeração de titular. Coutinho estará com a camisa 11, enquanto o lateral do Real Madrid voltará a utilizar a 6.]

O confronto entre Brasil e Costa Rica acontecerá em Nova Jersey, neste sábado, às 17h (de Brasília). Já na próxima terça-feira, a Seleção Brasileira enfrentará os Estados Unidos em Boston, às 21h40 (de Brasília).

Confira a numeração fixa do Brasil:

1 – Jefferson
2 – Fabinho
3 – Miranda
4 – David Luiz
5 – Fernandinho
6 – Marcelo
7 – Douglas Costa
8 – Elias
9 – Roberto Firmino
10 – Neymar
11 – Phillipe Coutinho
12 – Marcelo Grohe
13 – Marquinhos
14 – Gabriel Paulista
15 – Danilo
16 – Douglas Santos
17 – Luiz Gustavo
18 – Rafinha
19 – Willian
20 – Kaká
21 – Hulk
22 – Lucas
23 – Alisson
24 – Lucas Lima

LANCEPRESS

 

Comentários

comentários