Caseiro e filhos mataram ex-vereador e esposa para roubar camionete

Jackson Nogueira

O ex-vereador de Campo Grande, Cristóvão Silveira (PSDB), e a esposa dele Fátima, foram mortos a facadas na noite de terça-feira (18), em Campo Grande. O crime aconteceu em uma chácara da família, na MS-080, saída para Rochedo. Conforme a polícia, e a mulher teve parte do corpo carbonizado.

Casal foi morto a facadas por caseiro que contou com ajuda dos filhos – Foto: Reprodução Facebook

Segundo o Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque), o caseiro da chácara e um filho dele foram presos. A caminhonete do casal foi roubada e recuperada após troca de tiros e capotagem a 7 quilômetros de Corumbá. Os ocupantes fugiram.

A polícia foi avisada sobre o crime e foi para a região. Quando o BPChoque chegava na chácara, se deparou com um homem machucado caminhando. Ele disse aos policiais que os ferimentos eram por conta de um assalto e foi socorrido para a Santa Casa.

Os militares suspeitaram das declarações do homem e no caminho para o hospital fizeram mais perguntas e as respostas foram contraditórias. A Polícia Civil foi à Santa Casa e após receber alta, o homem disse que era caseiro da chácara do ex-vereador e confessou o crime, sendo preso.

O filho do caseiro foi preso pelo BPChoque em Aquidauana com alguns objetos roubados, dentre eles um televisor. A PM procura agora os dois ocupantes da caminhonete roubada das vítimas, que parou em barranco da BR-262 após troca de tiros.

O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Repressão a Rouba a Banco, Assantos e Sequestros (Garras).

De acordo com Câmara Municipal de Campo Grande, Silveira foi vereador por cinco legislaturas, entre 1997 e 2012.

Comentários

comentários