Casal é preso por usar adolescentes para distribuir cocaína em Dourados

Divulgação - PM
Divulgação – PM

Um casal preso na noite de ontem (2) em Dourados, mantinha um ponto de distribuição de cocaína na periferia que era “gerenciado” por duas adolescentes, de 15 e 18 anos, sobrinhas da mulher. O grupo foi descoberto pela Polícia Militar após denúncia anônima.

Foram presos o estudante Bruno Pinheiro Dantas, 25, a mulher dele, a manicure Alexsandra Galeano Palácio, 37, a sobrinha dela Janaína Calixto Palácio, e a adolescente de 15 anos, irmã de Janaína.

De acordo com o boletim de ocorrência, inicialmente os policiais militares chegaram às duas adolescentes, que estavam em uma quitinete na Rua Brasil, na Vila Ubiratan, região oeste da cidade, onde funcionava o ponto de distribuição de drogas.

Os policiais descobriram que a “dona da boca” era Alexandra, que aliciava as sobrinhas e mantinha duas quitinetes alugadas. Uma delas era habitada pelas meninas e a outra era usada para guardar a droga.

Após monitorarem o ponto e perceberem a grande movimentação de pessoas, os policiais foram ao local e abordaram algumas pessoas que estavam na frente, mas não encontraram nada suspeito.

Com a permissão de Janaína, os PMs entraram na quitinete, onde encontraram R$ 190 em dinheiro. Na quitinete vizinha, acharam 101 gramas de pasta-base de cocaína, uma balança de precisão e recortes plásticos.

As duas adolescentes confessaram que vendiam papelotes de cocaína por R$ 10 e R$ 20 e que trabalhavam para a tia e para Bruno. Enquanto os policiais estavam no local, o celular de Janaína tocou e um homem pediu um papelote de R$ 20.

Comentários

comentários