Carro atropela multidão na Alemanha e deixa quatro feridos

G1 - REUTERS

Foto: Marcel Kusch/AP

A polícia prendeu um alemão de 50 anos nesta terça-feira (1) acusado de ter usado o carro para atropelar uma multidão na cidade de Bottrop, no noroeste da Alemanha, no que autoridades descreveram como um ataque de xenofobia.

O homem, que fugiu do local do atropelamento, fez comentários racistas quando foi detido, de acordo com a polícia local.

“Investigadores suspeitam que foi um ataque deliberado que pode estar vinculado às visões xenofóbicas do motorista”, afirmaram as autoridades. “Além disso, investigadores têm informação preliminar sobre doença mental do motorista.”

Uma porta-voz da polícia disse que cidadãos sírios e afegãos estão entre os feridos, mas não deu mais detalhes. Ela afirmou que uma das quatro pessoas feridas continua hospitalizada.

O ataque ocorreu depois da meia-noite da véspera do Ano Novo, em uma praça lotada de Bottrop.

Antes do atropelamento, o motorista manobrou seu carro contra um pedestre, que conseguiu escapar, segundo as autoridades. O motorista também tentou atropelar pessoas em um ponto de ônibus depois de fugir do local do ataque em Bottrop.

Comentários