Carlos Alberto Assis deixa secretaria para coordenar campanha de Rose

O secretário de administração e desburocratização Carlos Alberto Assis deixou o governo do Estado para coordenar a campanha de Rose Modesto (PSDB) à prefeitura de Campo Grande.

zob

A exoneração deles está na edição do Diário Oficial de MS, desta segunda-feira (15). De acordo com a assessoria de imprensa da SAD (Secretário de Estado de Administração e Desburocratização), Assis retorna ao cargo quando encerrar o período eleitoral.

Ainda de acordo com o diário, quem assume a secretaria é o adjunto dele, Édio de Souza Viegas. O novo responsável pela SAD foi nomeado como interino a partir de hoje.

A assessora de Assis, Rejane Monteiro, que deixaria o governo, aparece como exonerada, mas nomeada para o mesmo cargo, só que o símbolo diferente. Também deixa o governo, Glauce de Melo Oliveira, que era coordenadora de Articulação Institucional da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

 

Subsecretário de Comunicação do Governo, Thiago Mishima é outro que deve sair da linha de frente do Executivo estadual para jogar no time da campanha de Rose.

Outras saídas certas são de Alessandro Menezes, chefe do SGI (Superintendência de Gestão de Informação); Josimário Derbli, secretário-adjunto de Educação. As exonerações, no entanto, ainda não foram publicadas no Diário Oficial.

Comentários

comentários