Caravana da saúde recomeça em Jardim com foco no combate ao Aedes

A Caravana da Saúde na região de Jardim contou hoje com o reforço de 400 profissionais que realizaram um grande mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti na cidade. Homens do Exército, agentes de saúde e de endemias foram liderados pelos secretários de Estado Nelson Tavares, da Saúde, e Marcio Monteiro, da Fazenda, com o objetivo de informar a população dos perigos representados pelo mosquito e eliminar focos de proliferação.

19cara

No período da manhã foram visitados cerca de 3 mil imóveis, nos bairros próximos à estrutura da Caravana e nos conjuntos Vila Angelica I e Il. “A nossa missão é visitar todos os municípios de Mato Grosso do Sul e, aproveitando a chegada da Caravana na região de Jardim, resolvemos vir pessoalmente comandar as operações”, afirmou o secretário Nelson Tavares.

Além de comandantes do Exército na região, a operação contou com a presença do vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador Pascoal Carmelo Neto, que acompanha todas as edições da Caravana da Saúde pelo Estado.

Para o secretário Márcio Monteiro, o Governo do Estado não está medindo esforços para combater o mosquito. “Hoje o perigo presenteado pelo Aedes aegypti é de ordem mundial. O governador Reinaldo Azambuja está pessoalmente envolvido na guerra contra o transmissor da Dengue, Zika e Chinkungunya”, disse.

As ações de combate ao vetor realizadas hoje em Jardim estão ocorrendo em todas as regiões de Mato Grosso do Sul. Além do efetivo de pessoal, governo e parceiros fornecem material educativo, caminhões, retroescavadeiras e caçambas. “É importante destacar a presença do Exército, Corpo de Bombeiros, Tribunal de Justiça, da Agesul e da própria sociedade”, finalizou o secretário Nelson Tavares.

Comentários

comentários