Capotamentos marcam manhã desta terça-feira na Capital

Lúcio Borges

Acidente na Avenida Ernesto Geisel

O trânsito de Campo Grande a cada dia está mais ‘violento’ ou no minimo com diárias e muitas ocorrências de pequenas à graves fazendo vitimas feridas e fatais. A cada dia, a intensidade dos acidentes ou números dos mesmo variam, como os casos desta terça-feira (10), onde somente na manhã ficou marcado por três capotamentos em diferentes regiões da Capital. O Página Brazil registrou dois com as imagens abaixo, que felizmente não provocou óbito, mas teve ao menos quatro feridos encaminhados a Unidades de Saúde.

Entre um dos capotamento que aconteceu na manhã de hoje, foi na Avenida Ernesto Geisel, com duas pessoas ficando com ferimentos leves. O motorista, 32 anos, que seria a vitima envolvido no acidente, disse que o causador da colisão estaria em alta velocidade. A vitima conduzia um Ford Ka pela Rua da Abolição, que fica na lateral do Shopping Norte Sul. O outro veículo foi um Gol conduzido por um motorista de 29 anos.

A vitima contou que descia a rua para entrar na Avenida Ernesto Geisel e que o semáforo que tem na avenida está desligado, em sistema intermitente. O motorista teria parado na sinalização vertical e observado que os carros que vinham pela avenida estavam parados e resolver atravessar. Neste momento, o Gol que estaria em alta velocidade, acabou se chocando com o Ford Ka. O Gol desgovernado bateu as rodas no meio fio da calçada e capotou.

No carro estavam o motorista e uma jovem de 24 anos. Os dois tiveram escoriações leves e foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros sendo levados para uma unidade de saúde. O outro motorista dispensou atendimento, já que não teve ferimentos.

Acidente no bairro Coophatrabalho, região Sudeste da Capital – grande Santo Amaro

Outro capotamento

O outro acidente, teve um motorista de 50 anos provocando um acidente nesta manhã, no cruzamento da Avenida Florestal com a Rua Guanandi, no bairro Coophatrabalho. Ele teria avançado a preferencial e colidiu contra outro veículo, de um motorista, de 59 anos, aposentado, que conduzia um veículo Voyage.

A vitima contou que vinha pela Avenida Florestal quando percebeu que chegando no cruzamento da Rua Guanandi, um veículo Fiat Uno teria avançado a sinalização. “Eu acelerei quando percebi que ia bater e joguei o carro no meio fio da calçada”, contou.

Com o impacto, o veículo Voyage capotou indo parar em cima da calçada. O aposentado não teve ferimentos graves e dispensou atendimento médico, assim como, o outro motorista que não ficou ferido.

O terceiro acidente não registramos, mas aconteceu na região da saída para Três Lagoas, região do grande Noroeste.

Comentários

comentários